Maio Amarelo: estudantes da Escola SESI participam de blitz educativa

Como ação do Maio Amarelo, a Escola SESI Amapá convidou os alunos para uma blitz educativa. No estilo drive thru, os estudantes, acompanhados dos pais, vieram até a escola com o objetivo de passar a mensagem de que também são agentes de disseminação das boas práticas que tornam o trânsito mais seguro.

Fantasiados, carregando cartazes das atividades desenvolvidas em casa e seguindo as medidas de segurança, as crianças e adolescentes passaram pela área da Escola. Além de receberem orientação sobre cuidados que todos devem ter no trânsito, eles posaram para fotos, receberam brindes e puderam rever os professores.

De acordo com a diretora da Escola SESI Amapá, Valena Calandrini, a iniciativa foi pensada para, seguindo os protocolos de prevenção à Covid-19, reunir a comunidade escolar em prol da causa do Movimento Maio Amarelo.

“Nós preparamos um conjunto de ações que foram trabalhadas nas turmas, durante as aulas. Para fechar a programação, convidamos para o drive thru. O objetivo principal foi contribuir para o fortalecimento da mensagem de que um trânsito seguro é possível, desde que pratiquemos o respeito e a responsabilidade”, destacou.

Parcerias

Para a execução da atividade, equipes do Batalhão de Policiamento de Trânsito da Polícia Militar do Amapá (BPTRAN/AP) e do Núcleo de Educação no Trânsito (Neduc) do DETRAN-AP também deram apoio. Uma das ações realizadas pelo Neduc durante a semana que antecedeu a blitz foi a promoção de palestras virtuais para reforçar a importância de conscientizar o público escolar.

A gerente do Núcleo de Educação, Ana Quadros, salienta que campanhas como essa são fundamentais. “Acreditamos que a criança tem um papel importante nesse processo, porque ela é capaz de também transformar os pais, pois ela vai cobrar o cinto, a cadeirinha, o respeito ao semáforo”, comentou.

Na mesma linha, o chefe da Divisão de Relações de Imprensa (DRPI) do BPTRAN, Tenente Garreto, frisa que é da criança que se faz o condutor do futuro.

“Em 2020, 6.750 condutores foram flagrados cometendo algum tipo de infração. Movimentos como este servem para conscientizar os motoristas e orientar os filhos a estarem atentos às atitudes de seus pais na condução do veículo, para que situações como essa possam ser evitadas”, completou Garreto.

Ascom SESI/SENAI – AP
Contato: (96) 3084-8944
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *