Maio Laranja: MP-AP adere à campanha do TJAP de combate e prevenção à exploração e abuso sexual de crianças e adolescentes

O Ministério Público do Amapá (MP-AP) aderiu à campanha “Maio Laranja – Não deixe quem você ama ser a próxima vítima!”, lançada nesta quinta-feira (6), de forma virtual e promovida pelo  Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP). A ação visa a conscientizar, orientar e educar para prevenção de qualquer tipo de abuso ou violência sexual contra crianças e adolescentes no seio familiar, assim como se tornar capaz de identificar os primeiros sinais de vitimização.

A abertura do evento foi feita pelo presidente do TJAP, desembargador Rommel Araújo. O lançamento também contou com a exibição de um vídeo com a mensagem da presidente do Conselho Nacional de Procuradores Gerais (CNPG) e procuradora-geral de Justiça do MP-AP, Ivana Cei, em apoio e fortalecimento da iniciativa. A PGJ do MP-AP abraçou a causa e a campanha que tem o apoio do CNPG já foi veiculada nas redes sociais do órgão ministerial amapaense.

Durante o mês de maio serão realizadas ações de combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, no Estado e na Fronteira do Brasil com Oiapoque. A Campanha conta com o apoio de diversos órgãos e entidades e foi lançada virtualmente, por meio das plataformas Zoom e Canal do TJAP no YouTube.

A partir de iniciativas como esta campanha, os organizadores pretendem promover uma maior sensibilização dos pais, responsáveis e profissionais da atenção básica de saúde da família, assistência social e profissionais da educação infantil da rede pública e privada para uma abordagem junto às famílias, em especial neste período de constante confinamento pelo isolamento social e ensino híbrido (presencial e online).

O secretário-geral do Ministério Público do Amapá, promotor de Justiça Alexandre Monteiro, representou a PGJ do MP-AP, Ivana Cei, na abertura da programação.

“O MP-AP agradece o convite para participar do evento, em nome da Dra. Ivana Cei. Este é um tema muito relevante para a sociedade brasileira e amapaense. Ele está inserido nas atribuições do Ministério Público brasileiro. Um assunto que ganhou grande relevância com a pandemia, por conta da disseminação do abuso e exploração pelos meios digitais. Portanto, é algo que nos faz ficar mais atentos ainda. Nós esperamos contribuir com a campanha do TJAP para que possamos diminuir a incidência dessa prática que faz com que nossa sociedade sofra ainda mais nos dias de hoje”, frisou o secretário-geral do MP-AP.

Autoridades e parceiros

Participaram do lançamento: o presidente do Fórum Nacional da Justiça Protetiva, juiz Hugo Sarrer; a juíza auxiliar da presidência do Conselho Nacional de Justiça, dra. Lívia Perez, representando o Fórum Nacional da Infância e Juventude do CNJ; magistradas do TJAP; a coordenadora da Bancada Federal do Amapá da Frente Parlamentar Mista da Primeira Infância Região Norte, deputada Federal Aline Gurgel e deputados estaduais.

Também presentes no evento online: o comandante da 22ª Brigada de Infantaria de Selva (“Brigada Foz do Amazonas”), general Adilson Giovani Quint; oficiais do Exército Brasileiro no Amapá; o coronel do Corpo de Bombeiros Sandro Bonfim; o capitão Edix Lamour, do Centro de Cooperação Policial; o coordenador da Polícia Federal (PF), Jorge Calandrini, do Centro de Cooperação Policial Franco-Brasileiro; o delegado da PF, José Roberto; o delegado da Polícia Rodoviária Federal, Pablo Luna; e vereadores e secretários municipais de várias cidades do Estado.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação: Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Texto: Elton Tavares, com informações do jornalista Aloísio Menescal, da Ascom TJAP.
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *