Mais de mil crianças serão beneficiadas com convênio da Aleap e Diocese de Macapá

O apoio às entidades que prestam serviço social no estado do Amapá tem sido um dos pilares da gestão da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap). Em mais uma iniciativa, o presidente do Legislativo Estadual, deputado Kaká Barbosa (Avante), firmou convênio com a Diocese de Macapá. A parceria, oficializada nesta quinta-feira (26), beneficiará 1.100 crianças das creches em Macapá (Irmã Carmele Bonassi, no bairro Buritizal, Nossa Senhora de Nazaré, bairro Universidade; Maria Imaculada, bairro Jardim Felicidade I) e em Santana (creche Dom João Risarti, no bairro Remédios).

“Com esse apoio, poderemos melhorar o atendimento às crianças de nossas escolas infantis e creches, além de garantir a manutenção do local”, destacou o bispo da Diocese de Macapá, Dom Pedro José Conti. Para o presidente Kaká Barbosa, a ajuda financeira, de R$ 24 mil, dividida em cinco parcelas, ajudará a diocese a manter o projeto educacional das crianças atendidas. “Acho importante que os poderes do Estado possam se unir e dentro do seu orçamento dispor de uma verba para ajudar as entidades que desenvolvem o trabalho social”, frisou.

O convênio com a Diocese de Macapá é o oitavo na gestão do presidente Kaká Barbosa com as instituições filantrópicas do Amapá. Já foram contemplados o abrigo Lar Bethânia, no bairro Vila Amazonas, que atende a meninas de 10 a 17 anos em situação de vulnerabilidade social; Casa da Hospitalidade, que atende pessoas com deficiências diversas (distúrbios psicomotores, auditivos, visuais e transtornos mentais), independente de idade e sexo, e crianças e adolescentes de 0 até 18 anos de idade, procedentes da exclusão familiar e social, vindas de Santana, dos demais municípios do Amapá e das Ilhas do Pará.

Também fazem parte desta lista a Associação A Nossa Família, que atende pessoas carentes e tem como foco principal o trabalho social, principalmente gestantes carentes, com o acompanhamento pré-natal; a Associação de Amigas e Mulheres Amapaenses Posithivas (Amaph), que oferece apoio ao tratamento de pessoas com HIV e Aids no estado; a Organização Não Governamental (ONG) Carlos Daniel, que presta auxílio a mais de 30 crianças no tratamento do câncer (leucemia) em Macapá e São Paulo; o Centro Frei Daniel Samarate Capuchinhos, no bairro Santa Rita, que mantém um projeto social servindo almoços diários que são distribuídos na Casa do Pão, gerenciada pelos freis, além de consultas médicas e Projeto Casamento na Comunidade, desenvolvido pelo Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap).

Para o bispo Dom Pedro José Conti, o apoio da Assembleia é essencial para as entidades filantrópicas que exercem suas atividades nos bairros de Macapá. “Atualmente, a diocese desenvolve o projeto Feliz Infância, que trata da criação e manutenção de creches para a educação infantil”, finaliza.

Texto: Everlando Mathias
Fotos: Jaciguara Cruz
Assessoria de comunicação da Alap

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *