Mais uma festa de confraternização dos Infantes Turma 1978 – 34º BIS Macapá – Por Eliazar Bezerra

Celebrar 41 anos de reservista EB e 60 anos idade da maioria dos integrantes – Foto: Eliazar Bezerra

Por Eliazar Bezerra

A turma de reservistas ano de 1978, do Exército Brasileiro, que serviram a pátria no 34º Batalhão de Infantaria e Selva- Macapá (AP), realizam mais uma festa de confraternização. Evento para celebrar 41 anos como reservista, também como foco 60 anos de idade, que a maioria completou em 2019. Tudo isso, acontecerá no sábado, 28, dezembro, das 10h as 19h, na sede campestre da Maçonaria, na Orla do Araxá. capital amapaense.

No evento, infantes e familiares estarão reunidos para celebrar jubileu de seda, amizade consolidada a partir do serviço militar realizado em 1978. Encontro será regado a feijoada, churrasco, vinho, cerveja, bolos diversos. Contará ainda homenagens, declamação de poesias, algumas histórias de caserna contadas por reservistas , banda Moara, Maiara e Ze Maria Cruz, Icaro Rossi entre outras atrações.

O primeiro encontro aconteceu em dezembro de 1996, em que, foi comemorado os 18 anos como reservista do Exército Brasileiro turma de 1978. Evento realizado sob a coordenação geral o Sd 494 JOSÉ da Silva Picanço (conhecido como Alcino), na então sede campestre da Embratel, hoje conjunto residencial Mucajá .

Encontro Turma EB, ano 1978, 41 anos reservista . A maioria completando 60 anos de idade – Foto: Eliazar Bezerra

Segundo Sd 494- José, membro da atual comissão, a união entres os pelotões, somado ao coleguismo dos companheiros de farda, contribuiu e orientou positivamente para a formação da tropa observando aspectos como dignidade, respeito, disciplina e boas amizades. “Ao darmos baixa do serviço militar, eu e alguns reservista nos reunirmos em Macapá, na casa do companheiros Sd 467 Eliazar Bezerra e nos confraternizarmos. Ali, firmamos compromisso de dar continuidade a novos encontros, onde prometi ficar á frente. Em seguida, formamos uma comissão com poucos membros, posteriormente houve expressiva adesão de outros irmãos de caserna, o grupo ganhou força. Então, realizamos a primeira festa em 1996, e continua até hoje. Agora vamos comemorar 41 anos como reservista, com alegria, abraços, emoções, saudosismos, mantendo viva nossa amizade”.

Hedoelson Silva Uchoa, Sd 478-Uchôa, lembrou que ao servir o Exército Brasileiro obteve aprendizado, assim como os demais colegas. “Nos tornamos homens respeitados, pois, na vida militar se aprende a ser combatente defensor da pátria. Com o passar desses 41 anos, alguns de nossos companheiros já estão no plano superior, e nós que ficamos por aqui e temos muito a fazer, como esses nossos encontros que servem para que nós possamos relembrar as coisas boas e ruins que vivenciamos

*Eliazar Bezerra – Jornalista e membro da turma 1978 – 34º BIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *