Mapeando buracos de Macapá

                                                                                              Por Régis Sanches

Tenho um amigo que atualmente se presta a uma tarefa inglória: ele está mapeando os buracos da cidade de Macapá. O intrépido aventureiro já estabeleceu várias rotas e constatou que circular pelas vias da capital é um esporte radical, ou melhor, é um verdadeiro Rally.

Segundo o mapa preliminar – que não cobre nem 1% da área asfaltada da cidade – a situação é sinistra. E não seria má idéia a prefeita Helena firmar uma parceria público-privada para instituir, antes do Carnaval 2011, o “Rally de Macapá”.

Certamente, o evento seria o maior sucesso. Imagine o frisson da TV Globo transmitindo para todo o planeta a quebradeira dos carros com tração nas quatro rodas. Na voz de Galvão Bueno: “Incrível, neste momento, acaba de atolar no ‘buraco do Bob Góes’ o carro que liderava a prova”.

Este meu amigo me disse que há buracos tão grandes nas ruas de Macapá só comparáveis às crateras existentes na Lua. Ontem, tive a infelicidade de circular na garupa de uma motocicleta. Ao saber do mapeamento dos buracos, o condutor – que é clandestino – me informou que algumas das campeãs da buraqueira são: a Avenida 13 de Setembro, desde o Bairro do Trem até o seu final, e a Rua São Paulo, no Bairro do Pacoval.

Os cidadãos que vêem o seu rico dinheirinho evaporar nas oficinas da cidade por causa dos buracos aqui vai uma dica: mandem a lista da buraqueira para este colunista e conta, obviamente, para a prefeita Helena.

Brevemente, o portal WWW.brilhodefogo.com vai lançar um concurso: aquele cidadão que conseguir apresentar uma rota de, no mínimo 5 quilômetros, sem a ocorrência de nenhum buraco, vai ganhar um prêmio em dinheiro.

Estamos esperando apenas a conclusão do mapa dos buracos, a redação do regulamento e a captação das verbas de patrocínio. Enquanto isso, motoristas, motociclistas, ciclista e os pedestres já podem montar os seus roteiros. E enviá-los à prefeita Helena. Afinal, esta é uma “Cidade Forte!” Saudações ao prefeito Roberto.
  • Avatar

    Amigo, não é só Macapá. Os municípios do estado, as rodovias, vicinais, ramais, etc. É uma pouca vergonha! A décadas é assim. Sejam “amarelos” sejam “azuis”! Eu não defendo nenhum. São incompetentes como gestores. Macapá é uma cidade média e ótima para realizar saneamento básico e renovar a capa asfáltica. Basta vontade política do governo e das prefeituras. Mas acho que viraremos uma “LUA”. é triste!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *