Maurício de Paiva lança livro “Rufar dos Tambores: Imagens e Encontros Afroamapaenses”

Por Rita Torrinha 

Apaixonado pela bacia Amazônica, apurando e registrando a região há mais de dez anos, Maurício de Paiva é premiado colaborador da National Geographic Brasil e referência em fotografia documental. No dia 3 de abril ele lança em Macapá seu terceiro livro – Rufar dos Tambores: imagens e encontros afroamapaenses, uma imersão ao XIX Encontro dos Tambores, realizado em 2013, um recorte além da estética do negro, que sob a ótica antropológica aborda a ancestralidade das relações intracomunidades e seus grupos de Marabaixo, Batuque, Zimba e Sayrê, e dos quilombos afrodescendentes.

A história do Amapá, no extremo norte do Brasil, é apresentada ao mundo pela amapaense Piedade Lino Videira, autora do prefácio do livro, dando-lhe ainda mais cunho documentário. Mulher afroamapaense, dançadeira de Marabaixo e Batuque e professora doutora, ela discorre com maestria sobre as singulares geográficas, históricas e culturais do estado, imprimindo do decorrer da narrativa o papel essencial do negro na formação territorial e nas tradições locais.

A escolha por Piedade não ocorreu ao acaso. “O texto da Piedade (a sua formação, pertinência e gabarito, sua pessoa, corroboraram para minha escolha em convidá-la! Acredito ser ela a “artista”, a detentora do saber sobre Tambores e Negros no Amapá, eu apenas fiz uma conexão) no livro é de valor intelectual e modelar em que agregar ao leitor, soma no conjunto imagens – texto – temática – narrativa, e dá maior e polar comunicação, abrindo ritmo/cadência num conteúdo. O convite para ela surgiu por pura intuição minha…”, diz Maurício Paiva.

Rufar dos Tambores: imagens e encontros afroamapaenses é um projeto pessoal do fotógrafo, um registro para presentear as comunidades, que teve o apoio do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Cultura (Secult) e seu lançamento conta com a parceria do Amapá Garden Shopping, local do evento. Na noite de autógrafos também será aberta a exposição com 30 fotografias reunidas do livro, a maioria em preto e branco, que ficará à disposição do público até o final do primeiro semestre de abril.

Sobre o autor

A Amazônia (ou o Amapá) a mim, não é mais uma busca para captação de imagens, e sim e já, há 10 anos: Uma veia aberta! O motivo é inerente ao desejo, sempre. Um livro é e precisa ser valorado em qualquer nível e em qualquer região cultural” (Maurício de Paiva).

Ele é fotógrafo documental, paulistano, tem na bacia Amazônica seu cenário em antropologia-visual, socioambientalismo e arqueologia. É autor dos livros “Amazônia Antiga – Arqueologia no entorno” (2009) e “Futebol na Amazônia, Imagem e Alarido (DBA 2012). Em 2011, recebeu o Prêmio Abril pela reportagem Amazônia ano 1000. Como freelancer, atualmente é colaborador regular premiado na revista National Geographic Brasil, desde 2004 (com mais de 13 artigos publicados).

Seus ensaios e reportagens autorais são vividos em longas permanências em campo, são autênticos e se legitimam em testemunhar socioambientalismo e extrativismo, história/arqueologia e os modos de vida tradicionais na Amazônia atlântica e ocidental, dos atuais desafios em sua franca transformação.

Serviço:

Lançamento do Livro: Rufar dos Tambores: imagens e encontros afroamapaenses
Data: 3 de abril (quinta-feira)
Hora: 19h
Local: Amapá Garden Shopping

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*