Membros e servidores do MP-AP participam do curso de Técnicas de Entrevista, Interrogatório e Detecção de Mentiras

Serão três dias de treinamento em “Técnicas de Entrevista, Interrogatório e Detecção de Mentiras”, voltado para membros, servidores e assessores do Ministério Público do Amapá (MP-AP), que realizam atendimentos e oitivas, assim como para servidores nomeados para comissões de procedimento administrativo disciplinar. O curso, iniciado nesta segunda-feira (28), está sendo realizado no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça e se estende até quarta-feira (30), em quatro módulos, com característica vivencial e prática.

O procurador-geral de Justiça, Márcio Augusto Alves, deu boas-vindas a todos e o coordenador do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF) do MP-AP, procurador de Justiça Nicolau Crispino, fez a apresentação do instrutor Thompson Cardoso, engenheiro civil por formação, com 39 anos de experiência como Palestrante e Consultor de Segurança e Inteligência Empresarial com base em Entrevistas e Detecção de Mentiras; com cursos realizados com FBI (Inteligência Policial – incluindo Técnicas de Entrevista e Interrogatório), grupo SWAT de Los Angeles; palestrante e instrutor de treinamentos nas áreas de Entrevistas e Detecção de Mentiras e de Inteligência em diversas empresas, universidades e órgãos governamentais.

“É com satisfação que iniciamos este curso que teve grande procura para apenas 80 vagas disponibilizadas. Agradecemos imensamente a disponibilidade do professor Thompson Cardoso que foi muito bem referenciado por outros Ceafs do Ministério Público brasileiro, bem como a participação de todos. Sintam-se acolhidos e tenham o máximo aproveito desse treinamento”, manifestou Nicolau Crispino.

O instrutor apresentou a metodologia e programa que será desenvolvido em 4 módulos abordando os três temas: a entrevista, o interrogatório e as técnicas de detecção de mentiras, destacando ter realizado o curso por mais de cem vezes em um período de 10 anos. “Existe uma demanda razoavelmente grande por esse conhecimento, ou seja, como saber se alguém está mentindo (…) Hoje quando vocês saírem daqui vão enxergar o mundo diferente porque vocês vão enxergar o que não enxergaram até agora”, alertou Thompson no seu preâmbulo.

“É um curso extremamente relevante para nossa função, nosso agir como membro e como servidor do MP-AP. Hoje atuamos em busca de uma verdade real, especialmente no processo penal. Vivenciamos esse enfrentamento de tentar detectar e reconhecer quando o interlocutor está ou não falando uma verdade. E este curso é voltado basicamente para que possa contribuir com a nossa atuação no dia-a-dia”, ressaltou o procurador-geral de Justiça, Márcio Alves.

SERVIÇO:

Gilvana Santos
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *