Meus parabéns, Jorge Herberth!

visita

Eu, com Jorge Herberth (camisa vermelha) e Fernando Canto

Hoje roda o calendário o jornalista, produtor cultural, poeta, militante da cultura, amante da boa música e caboclo demais porreta, Jorge Herberth De Sousa Ferreira. Conheço o “branco”, como é chamado pelos seus velhos amigos (muitos deles meus amigos também), há pouco mais de um ano. Fui apresentado a ele pelo mestre “Nando Esquina”.

Na verdade, já queria conhecer o cara após ler o prefácio que ele escreveu para um livro do Fernando Canto. Foi uma daquelas vezes que ao ler, pensei “caramba, eu queria ter escrito isso”. O jornalista trampa em Belém (PA), mas vira e mexe, pinta aqui pra ver a família, amigos, curtir um Marabaixo e as belezas de seu Amapá.

Além de inteligente, Jorge é um cara gente fina e do bem. Dono de um papo paid’égua, sempre que nos encontramos ele (a gente nem se encontra com tanta freqüência), rola um lero bacana. A última vez foi em setembro de 2015 (faz tempo), numa cerveja no meu natalício.

Jorge, apesar de pouco tempo de brodagem, gosto de ti, bicho. Que sigas saudável e feliz na estrada da vida. E que ela seja longa (aliás, tu nem parece ter mais de 50, sacana). Muita luz pra ti. Meus parabéns e feliz aniversário!

Elton Tavares

*Texto republicado, mas de coração, 

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*