Minha tia preferida gira a roda da vida hoje. Feliz aniversário, Maria Penha Tavares!

Sempre digo que, “graças a Deus tenho uma sorte dos diabos”. Sim, sou um cara abençoado por ter pessoas incríveis ao meu redor. E melhor, que nutrem amor por mim em uma relação recíproca. Um destes afetos, dos de primeira linha, gira a roda da vida hoje. Maria Conceição Penha Tavares completa 67 fevereiros (apesar de parecer no máximo uns 50). Ela é minha tia preferida, uma pessoa que amo de forma desmedida.

Entre as várias facetas de tia Maria, como competente bancária durante décadas, contadora e colaboradora da Cunha & Tavares Consultoria, tia e irmã amorosa, certamente a de filha é a sua maior marca. Não desmerecendo seu lado profissional, onde ela sempre foi extremamente comprometida e eficaz, mas é que a nossa Maria vive duas vidas: a dela e a da nossa matriarca, minha amada avó Peró. Quem conhece essa linda história sabe da nobreza e total compromisso da titia para com sua mãe. A gente só agradece.

Mas este é um texto de aniversário. Pois bem. Antes de felicitar, preciso contar histórias sobre minha relação com Maria Penha (Conceição para alguns ou só Penha para outros).

Ela sempre esteve lá. “Que esse desespero é moda em 76”, cantou Belchior em “A Palo Seco”, mas o desespero não foi tão desesperante assim, a tia estava lá. É que nasci naquele ano e mamãe teve um problema de saúde. Tive que ficar com meus avós e tia Maria. Nunca mais sai da casa deles. Meu coração vive lá.

Tia Maria foi minha amiga desde o início, e seu um dia eu for pra Maitê a metade do tio que ela foi e é pra mim, a missão estará cumprida com sucesso. Costumo contar que Maria Penha foi a pessoa que me educou musicalmente. Graças a ela, gosto de música boa.

Já disse e repito, ela sempre foi uma espécie de mãe, madrinha, amiga, apoiadora, conselheira, parceira, entre outras tantas coisas maravilhosas que essa pessoa sensacional representa na minha existência.

Com Maria, ao longo destes meus 42 anos, vivemos muitas vidas nesta vida. Fomos colegas de trabalho, quando ela me orientava sempre, somos parceiros de cerveja, papo e som. Ela é sempre minha companheira quando precisamos ficar no hospital com a vó (ainda bem que há tempos não temos essa necessidade) e acima de tudo, ela é uma grande amiga que tenho nessa jornada. E desconfio que também foi assim em outras passagens por aqui.

Por ser essa pessoa fantástica que ela é, todos nós a amamos. Eu mais que alguns, certamente (risos). Sou grato à Deus pela existência de Maria orbitar a minha vida e vice-versa. A gente nem sempre concorda, mas nos apoiamos sempre.

Tia, tu sabes o quanto te admiro e respeito. Que tu sigas com saúde sempre. Do resto você sempre deu conta. Obrigado por tudo e parabéns pelo teu dia. Feliz aniversário!

Elton Tavares (mas falo pelo Emerson Tavares também). 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *