Moedas e Curiosidades – “La mano de Dios” – Por @SMITHJUDOTEAM

Por José Ricardo Smith

Diego Armando Maradona nasceu em 30 de outubro de 1960 em Lanús, província de Buenos Aires na Argentina, “Dieguito” é o maior craque de todos os tempos da Argentina, é comparado com o Pelé, pelo menos para nossos rivais argentinos, e em 2000 recebeu uma homenagem com a edição de uma bela medalha feita de cupro-níquel, com 30 mm de diâmetro e 13 g de peso, pela passagem de seu aniversário de 40 anos.

Uma curiosidade sobre o uso da camisa 10 da seleção argentina de futebol, é contada por César Luis Menotti, técnico campeão mundial com a Argentina em 1978, ele declarou que Maradona passou a usar a camisa 10 em sua seleção. Menotti foi o primeiro treinador de Maradona na seleção, comandando o astro entre 1977 e 1982, “Maradona me falava sempre que queria usar a camisa 10. E ele queria tanto pelo seu amor por Pelé. Até um dia que Maradona pediu a Kempes, que era quem vestia a camisa 10, e Kempes aceitou sem nenhum problema”, afirmou Menotti à Rádio Guemes da Argentina.

La Mano de Dios é o nome de um gol histórico, marcado por Maradona no jogo da Argentina contra a Inglaterra, válido pelas quartas de final da Copa do Mundo FIFA de 1986 no México, um jogo muito tenso e cheio de rivalidade devido o conflito entre as duas nações na década de 80.

A guerra das Ilhas Malvinas (Falklands para os britânicos), foi um conflito entre a Argentina e o Reino Unido, ocorrido entre 2 de abril e 14 de junho de 1982. Em 2 de abril de 1982, as forças militares argentinas invadiram as Ilhas Malvinas, situada a 464 km da costa argentina.

Com ampla superioridade militar, o Reino Unido saiu vencedor da guerra e manteve o controle da Ilhas Malvinas. O governo trabalhista de Magaret Thatcher ganhou força e ela conseguiu se reeleger primeira-ministra. Já a Argentina entrou em profunda crise econômica e política, teve o presidente General Leopoldo Galtieri deposto e deu início ao processo de redemocratização do país. Durante todo o conflito, que durou 75 dias, 258 britânicos e 649 argentinos morreram.

Ao final do jogo contra a Inglaterra em 1986, foi questionado sobre se tinha feito o gol com a mão, e Maradona respondeu: “Lo marque un poco con la cabeza y un poco con la mano de Dios”.

* José Ricardo Smith é professor e numismático.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *