Moradores da zona Sul de Macapá elegem prioridades em PPA

O governador do Amapá, Camilo Capiberibe, participou, nesta segunda-feira, 4, na Escola Estadual Raimunda Virgulino, localizada na zona Sul de Macapá, da 17° escuta pública do Plano Plurianual Participativo (PPA). A Caravana popular, composta por secretários de Estado, identificou demandas da região relatadas pelos moradores do bairro das Pedrinhas e redondezas.

O PPA definirá como o Poder Executivo trabalhará em benefício da população e para o desenvolvimento sócio econômico do Estado, nos quatro anos da gestão de Camilo Capiberibe. Após visitar os 16 municípios do Amapá, o plano será encaminhado para a apreciação da Assembléia Legislativa.

Para o representante da sociedade civil, Raimundo Guedes, as prioridades eleitas pelos moradores serão atendidas. Ele também agradeceu pela oportunidade de falar diretamente ao governador e secretariado.

“Ficamos felizes com essa oportunidade de expressar nossas necessidades. Temos certeza que nossas prioridades serão atendidas e agradecemos ao governador Camilo Capiberibe e sua equipe pela chance de dizermos quais são nossas demandas”, disse Raimundo Guedes.

Segundo o titular da Secretaria de Estado de Orçamento e Tesouro (Seplan), Juliano Del Castilo Silva, essa é a chance que a sociedade tem de nortear as ações do governo. O secretário também explicou a sociedade que o Poder Executivo já está trabalhando para a melhoria da zona Sul e de Macapá como um todo.

“Assumimos o governo com muitas dificuldades, mas acreditamos na gestão participativa. Vamos atender somente as prioridades. Essa é uma decisão corajosa do governador Camilo Capiberibe, já que o Estado não tem como resolver tudo a curto prazo. Existem muitas ações que são de responsabilidade da Prefeitura de Macapá, mas o Governo fará um grande esforço para atender as demandas emergenciais listadas no PPA”, afirmou o secretário.

Ausência e descaso

O governador lamentou a ausência do prefeito de Macapá, Roberto Góes, em todas as plenárias realizadas na cidade, sendo uma no Arquipélago do Bailique e quatro na capital amapaense. Camilo Capiberibe afirmou que, em todos os municípios em que o PPA passou, os gestores municipais prestigiaram, já que as escutas públicas identificam quais ações e projetos do governo devem ser efetuados nos quatro anos da gestão atual.

“É uma pena, esse é o nosso compromisso. Queremos governar democraticamente em conjunto com a sociedade. A ausência do prefeito de Macapá em todas as plenárias mostra o descaso do gestor para com a população da capital amapaense. Pois quanto mais perto estamos do povo, mais nós saberemos do que o cidadão precisa”, pontuou o governador.

Política para Habitação e preocupação

Durante seu pronunciamento, o governador do Amapá anunciou que está desenvolvendo uma política para Habitação para beneficiar os moradores que residem na zona Sul da capital amapaense, mais precisamente nos bairros Pedrinhas e o Congós, onde serão construídas mil residências aos cidadãos, 500 em cada bairro.

Entretanto, Camilo Capiberibe disse que está preocupado, pois o Alvará para a licitação das obras depende da Prefeitura de Macapá, que não tem demonstrado boa vontade para com as ações do Poder Executivo.

Reivindicações

Na plenária, as prioridades eleitas pelos moradores foram a manutenção do Canal das Pedrinhas; construção de creches no bairro; reforço na Segurança Pública; asfaltamento de vias do bairro Zerão; Construção de um Cais nas Pedrinhas; construção de um Centro de Convivência para Idosos no Zerão; reforma de passarelas no Congós e Jardim Felicidade.

Também foi reivindicado a construção de uma escola no Pólo Hortifrutigranjeiro da Fazendinha e iluminação pública naquela comunidade do distrito, além da pavimentação do ramal que leva ao local; conclusão do muro de arrimo do Araxá; apoio ao comércio de madeira nos bairros Pedrinhas e Igarapé da Fortaleza.

Ao final da escuta, os secretariados esclareceram dúvidas e explicaram o que está em andamento na zona sul e o que será executado na área, de acordo com as reivindicações dos moradores que compareceram a plenária.

“Iremos construir um governo em parceria com o povo, não é fácil, mas é o nosso objetivo”, finalizou o governador.

Além do governador e secretários de Estado, também compareceram a vice-governadora, Dora Nascimento, vereador Washington Picanço, representantes de associações de classe, sindicatos e imprensa.

Elton Tavares
 Assessor de Comunicação Social
Secretaria de Estado da Comunicação Social

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *