Morre no Rio de Janeiro o sambista Dicró


Morreu na noite desta quarta-feira (25), aos 66 anos, o sambista Dicró, em um hospital de Magé, na Baixada Fluminense. O compositor sofria de diabetes e de insuficiência renal.

Depois de uma sessão de hemodiálise, ele passou mal em sua residência e foi levado para o hospital, onde sofreu um infarto e não resistiu.

Dicró era conhecido por compôr sambas bem-humorados, recheados de sátira. Na década de 1990, formou parceria com os sambistas Moreira da Silva e Bezerra da Silva, encontro que resultou no álbum ‘Os 3 malandros in concert’.

O enterro de Dicró está marcado para a tarde desta quinta-feira (26), no cemitério Jardim da Saudade.

Fonte: G1
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*