MP-AP acompanha tratativas para aquisição de vacina contra a COVID-19 e lançamento do Plano Estadual de Imunização

A Procuradora-Geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Ivana Cei, ao lado da procuradora de Justiça Socorro Milhomem e do promotor de Justiça Wueber Penafort, titular da 1ª Promotoria de Defesa da Saúde, participaram de reunião, na última segunda-feira (21), articulada pelo senador da República Randolfe Rodrigues, quando foram discutidas alternativas, junto ao Instituto Butantan, visando a aquisição da vacina contra o novo coronavírus, a CoronaVac. No mesmo dia, o promotor da Saúde discutiu, no Palácio do Setentrião, os detalhes técnicos do Plano Estadual de Imunização.

A convite do senador, o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas e o ex-secretário nacional da vigilância em saúde, Wanderson Oliveira, estavam na videoconferência, realizada na sede do MP-AP, que contou, ainda, com a presença do chefe do Ministério Público Federal no Amapá (MPF/AP), procurador da República Pablo Beltrand.

Durante a reunião, Dimas Covas confirmou a disponibilidade de vacinas para o Amapá e destacou a importância de estados e municípios desenvolverem planos de imunização. O imunizante está sendo fabricado no Brasil em parceria com a farmacêutica Sinovac. Dimas confirmou que mais de 14 estados já tinham manifestado intenção em adquirir a vacina e mais de mil municípios também firmaram protocolos no mesmo sentido.

O senador Randolfe Rodrigues ressaltou a importância do estado e dos municípios começarem a tomar as iniciativas necessárias para garantir a logística das campanhas de vacinação, mesmo na ausência de um plano nacional. A procuradora-geral de Justiça, Ivana Cei, agradeceu a oportunidade de dialogar diretamente com os especialistas e poder receber informações fundamentais, que devem orientar a atuação dos gestores públicos e membros do MP-AP.

Ainda na segunda-feira (21), o promotor de Justiça da Saúde, Wueber Penafort, representou o MP-AP em reunião realizada no Palácio do Setentrião, quando houve uma ampla discussão técnica de alinhamento do Plano Estadual de Imunização. Nesta terça-feira (22), em coletiva de imprensa, o referido plano foi apresentado.

Segundo o governador do Estado, Waldez Góes, a estratégia montada prepara toda a rede do Estado para receber a vacina que irá imunizar a população contra a covid-19, assim que houver a liberação das doses pelo Ministério da Saúde. Na apresentação, o superintendente da Vigilância em Saúde (SVS), Dorinaldo Malafaia, detalhou as fases e os grupos prioritários que serão imunizados, além da defesa da universalização da vacina, que depende ainda do planejamento do Ministério da Saúde.

O MP-AP vem monitorando todas essas tratativas, que visam garantir a aquisição de vacinas contra a COVID-19, bem como, a elaboração e o lançamento do Plano Estadual de Imunização.

“Estamos acompanhando essas iniciativas, para que o nosso Estado, tão logo seja liberado pela Anvisa, esteja em condições plenas de receber as vacinas contra a Covid-19. Devemos fortalecer o papel da ciência e cobrar de todos os gestores que preparem as unidades de saúde, para que nosso povo tenha acesso ao imunizante. De nossa parte, seguiremos monitorando, para que o estado do Amapá não perca essa oportunidade de somar com as demais unidades federativas e para que a União possa se sensibilizar e assumir a responsabilidade dessa grande e importante ação a todos os cidadãos brasileiros”, disse Ivana Cei.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Com informações e fotos da SECOM/GEA e assessoria de imprensa do senador Randolfe Rodrigues
Texto: Ana Girlene
Contato: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *