MP-AP fortalece estrutura para atuação dos CAOP`s Criminal e Eleitoral, Núcleo de Apoio Técnico e Centro de Formação e Aperfeiçoamento

Nesta quarta-feira (21), a Procuradoria-Geral de Justiça, dando continuidade ao projeto de modernização administrativa do Ministério Público do Amapá (MP-AP), entregou as salas, devidamente equipadas, onde passarão a funcionar os Centros de Apoio Operacional – CAOP`s Criminal e o da Moralidade Administrativa e Eleitoral, o Núcleo de Apoio Técnico (NATA) e a secretaria do Centro de Formação e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF). Os novos espaços foram estruturados no Complexo Cidadão Centro, localizado na Avenida FAB, nº 64.

A reforma do prédio e a reorganização física amplia a capacidade de atuação dos membros e servidores, visando a melhoria na qualidade dos serviços prestados à comunidade. “Além de garantir um ambiente adequado de trabalho, com mais acessibilidade e segurança para todos, estamos fortalecendo o Complexo concentrando as atividades em várias áreas, o que vai facilitar a vida do cidadão que busca atendimento no MP-AP”, manifestou o PGJ, Márcio Aves.

O coordenador do CAOP da Moralidade Administrativa e Eleitoral, promotor de Justiça Ricardo Crispino, acrescentou que a reestruturação não poderia ter sido realizada em momento mais oportuno. “Estamos em ano eleitoral e, embora a responsabilidade pela condução do pleito seja do Ministério Público Federal (MPF), vamos atuar como braço auxiliar na fiscalização e combate aos crimes eleitorais. De modo, que ganhamos um grande reforço”, disse.

Para o promotor de Justiça Ubirajara Éphina, que coordena o CAOP Criminal, a iniciativa acentua o compromisso da administração com a atividade fim, o assessoramento técnico e a formação continuada de todos que atuam na instituição. “Agora que o CAOP criminal possui espaço e material adequado, poderá de fato dar um suporte mais eficiente às Promotorias Criminais. Além da possibilidade de integração entre as diversas áreas, temos, a partir de agora, um ambiente próprio e adequado para desenvolvermos o nosso trabalho e a nossa missão institucional”.

Na ocasião, a galeria ArteAmazon organizou a exposição de seis obras do artista plástico Miguel Arcanjo em batume sobre tela, com temas da Amazônia, em homenagem aos 260 anos de Macapá.

Participaram do evento, ainda, os procuradores de Justiça Judith Teles (coordenadora do CAOP da Educação, Infância e Juventude, Estela Sá (corregedora-geral de Justiça), Socorro Milhomem (subprocuradora-geral de Justiça para Assuntos Jurídicos) e Maricélia Campelo, além dos promotores de Justiça, Gisa Veiga (chefe de gabinete da PGJ), Laercio Mendes (assessor do PGJ) e Adilson Garcia (titular da Promotoria de Defesa do Meio Ambiente, Conflitos Agrários Habitação e Urbanismo de Santana), servidores e demais colaboradores.

SERVIÇO:

Ana Girlene Oliveira
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *