MP-AP instaura procedimento para apurar falta de combustível para gerador de energia elétrica da comunidade do Cassiporé, em Oiapoque

O Ministério Público do Amapá (MP-AP), por meio da Promotoria de Justiça de Oiapoque, instaurou Notícia de Fato com o objetivo de apurar omissão do Estado no fornecimento de combustível para o grupo gerador que atende a comunidade do 1º do Cassiporé, no município, que encontra-se sem energia elétrica desde o dia 28 de junho. O fornecimento de energia elétrica é realizado com o abastecimento de óleo diesel, que é de responsabilidade do Governo do Estado do Amapá.

O procedimento de apuração foi instaurado pelo titular da Promotoria de Oiapoque, promotor de Justiça Hélio Furtado, a partir do conhecimento do caso, na última quinta-feira (7), através da denúncia de um morador da comunidade, que comunicou a falta de combustível para o gerador que fornece energia elétrica para os moradores daquela região. De acordo com o morador, a última cota do produto foi repassada no mês de maio e os moradores estão há dez dias sem eletricidade e acumulando prejuízos, principalmente com acondicionamento de alimentos.

O fornecimento de combustível para o grupo gerador é de responsabilidade do Governo do Estado do Amapá, realizado por meio da Secretaria de Inclusão e Mobilização Social.

No mencionado procedimento o MP requereu o imediato repasse do combustível para atender a comunidade, bem como requereu a regularidade nos repasses mensais.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Núcleo de Imprensa
Coordenação – Gilvana Santos
Texto: Fernanda Miranda
E-mail: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.