MP-AP participa da inauguração do Shopping Popular de Macapá

Neste sábado (15), o chefe de Gabinete da Procuradoria-Geral do Ministério Público do Amapá (MP-AP), promotor de Justiça João Furlan, representando a procuradora-geral de Justiça do MP-AP, Ivana Cei, participou da inauguração do Shopping Popular de Macapá, localizado no centro da capital amapaense. O local, inaugurado pelo prefeito Antônio Furlan, contempla 141 microempreendedores da Feira do Caranguejo e do Feirão Popular na rua Antônio Coelho de Carvalho, e é um incentivo à economia popular.

A obra foi executada pela Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura (Semob) e custou R$3.982.125,27, que incluiu a construção de “rua” fechada e segura para feirantes que vendiam na São José. O centro foi construído com recurso destinado por meio de emenda parlamentar do Senador Davi Alcolumbre (DEM).

O prédio é dividido em dois andares. O térreo possui 114 unidades comerciais internas, 20 unidades externas, 2 quiosques institucionais, 2 áreas de serviço e plataforma de acessibilidade. No andar superior, estão 7 unidades comerciais, praça de alimentação, 8 banheiros masculinos, 7 femininos e 1 para pessoas com deficiência. O espaço conta com dois murais dedicados à valorização da cultura amapaense, que foram pintados pelo artista plástico Jeriel Luz. Possui, ainda, estacionamento próprio, bicicletário, ciclofaixa, calçada com acessibilidade, paisagismo e urbanização.

Ação do MP-AP para a concretização do Shopping Popular

O Shopping Popular foi esperado pela sociedade por 12 anos. Desde o início das tratativas até a inauguração de hoje, o MP-AP teve uma participação importante. Em 2008, o órgão ministerial cobrou a execução de um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado em 2002 e outro TAC foi formalizado para que a construção deste complexo se iniciasse.

Já em 2009, por meio de uma Recomendação do Ministério Público, saiu o projeto para o espaço inaugurado hoje. Por conta da falta de recursos e trâmites burocráticos, os serviços não foram concluídos no templo planejado. Até que o senador Davi Alcolumbre, quando presidente do Senado Federal, conseguiu alocar a emenda para a realização do centro comercial.

“O Shopping Popular surge com a missão de ser um importante centro econômico da capital amapaense e resgata a dignidade do trabalhador. Aliás, aquecer a economia local no período pós-pandemia será fundamental. O espaço atende ao anseio de mais de uma centena de trabalhadores. Com a soma de esforços e união, quem ganha é a população. Em nome da nossa procuradora-geral de Justiça, Dra. Ivana Cei, parabenizo o prefeito Antônio Furlan e o senador Davi Alcolumbre, além dos demais envolvidos na realização deste antigo sonho dos comerciantes  e sociedade de Macapá.”, manifestou o chefe de Gabinete, promotor de Justiça João Furlan.

Autoridades presentes

Participaram da inauguração o governador e vice-governador do Amapá, Waldez Góes e Jayme Nunes, respectivamente; senador Davi Alcolumbre; prefeito de Santana, Sebastião Rocha; prefeito de Laranjal do Jari, Márcio Serrão; deputados federais; juiz Federal João Bosco Soares; deputados estaduais; vereadores de Macapá; secretários municipais, imprensa e sociedade civil organizada.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Texto: Elton Tavares, com informações da Ascom PMM.
E-mail: [email protected]
Contato: (96) 3198-1616
*Colaboraram os fotógrafos Fabiano Menezes e Erich Macias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *