MP-AP realiza Reunião de Avaliação da Estratégia com membros e gerentes de projetos estratégicos

Iniciando o calendário anual de reuniões sobre o Planejamento Estratégico, o Comitê de Planejamento Estratégico do Ministério Público do Amapá (MP-AP) reuniu, nesta segunda-feira (29), com a Comissão do Planejamento Estratégico, membros, diretores e gerentes de projetos para avaliar os indicadores e seus resultados, bem como para o estabelecimento da continuidade das ações em 2018.

A Reunião de Avaliação Estratégica (RAE) foi coordenada pela Comissão do Planejamento Estratégico, que apresentou dados nacionais sobre o posicionamento do MP-AP no Radar Estratégico do Ministério Público brasileiro, no qual o MP-AP se encontra categorizado em nível de excelência, e também no ranking de Transparência avaliado pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), em que a instituição ocupa o nono lugar, também em nível de avaliação excelente. Em relação ao planejamento de 2017, foi apresentado o percentual de 74% metas alcançadas, estas decorrentes dos 27 objetivos traçados que se dividiram em 52 indicadores. Neste ano, objetiva-se que estes dados se tornem ainda mais positivos para a instituição.

Além disso foram apresentadas demandas ainda a serem finalizadas, como, por exemplo, os projetos que ficaram em aberto no ano anterior e que foram discutidos com os membros do Comitê e os gerentes dos mesmos.

Os departamentos de Tecnologia da Informação (DTI), Assessoria de Comunicação (ASCOM) e Assessoria Técnica (ASTEC) apresentaram os indicadores das suas respectivas áreas, adequados ao objetivo estratégico, e exemplificando a coleta de dados e resultados alcançados.

A Assessoria de Comunicação do MP-AP apresentou como proposta a normatização da Política de Comunicação Estratégica, que vem sendo executada, a fim de atender à exigência da Comissão de Planejamento Estratégico (CPE), do Fórum Nacional de Gestão, para regulamentação das atividades, como prerrogativa básica para pontuação no Radar Estratégico da unidade ministerial. Também foram apresentadas novas ferramentas, como atividades lúdicas, visando desenvolver uma cultura de planejamento estratégico de fácil entendimento de todos, dentro e fora da instituição.

“Tivemos nove projetos finalizados no ano passado e três em andamento para extensão do calendário de planejamento de 2017, o que nos dá uma margem de 41% dos projetos concluídos”, informou a diretora do Deplan, Eliana Leitão de Pinho.

Durante a reunião também foram apresentados os novos projetos e extensões para o ano de 2018, com os gerentes e líderes tendo a oportunidade de defendê-los diante do Comitê de Planejamento Estratégico, liderado pelo procurador-geral de Justiça, Márcio Alves.

Entre alguns dos expostos estão o “MP Mérito”, que objetiva padronizar o procedimento de avaliação para fins de promoção e remoção funcional de membros do MP-AP; também foi apresentado o projeto “Pegue e Leve”, de custo baixíssimo e que objetiva a doação de livros e incentivo à leitura; “Combate à Corrupção – MP vai à escola”, que objetiva a implementação de metodologias de prevenção primária no combate à corrupção, através do estabelecimento de rodas de conversas e produções audiovisuais feitas pelos próprios estudantes; entre outros.

Participaram da RAE os membros da Comissão do Planejamento Estratégico: Eliana Pinho, Eder Quintas, Rodinei Paixão e Davidson Lucas; Mardem Amorim Filho, gerente do Escritório de Projetos, bem como dos servidores do Deplan, e Eléia Lopes.

Serviço:

Rafaela Bittencourt
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *