MP-AP recebe alunos de escola pública integrada ao projeto “Conte até 10”


Alunos e professores da Escola Estadual Raimunda dos Passos, localizada na zona Norte de Macapá, participaram  nessa quinta-feira, 15, de vasta programação educativa e cultural, realizada no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), como parte das atividades previstas no programa de combate a violência, “Conte até 10”, que dentre outros objetivos, busca disseminar valores de uma cultura de paz entre os jovens.

A visita ao MP-AP foi coordenada pelo Centro de Apoio Operacional da Infância, Juventude e Educação (CAOP-IJE), responsável pelo projeto “Conte até 10”, que está sendo desenvolvido em 16 escolas do estado. Todas as atividades visam tornar a convivência no âmbito escolar mais segura e com um menor índice de violência, estimulando à calma e a tolerância entre os alunos para prevenir eventuais conflitos, movidos pelo impulso.

A diretora da Escola Estadual Raimunda dos Passos, Andréia dos Santos, declarou que depois da chegada do Projeto “Conte Até 10” na escola, a taxa de brigas e discussões entre os alunos apresentou uma queda significativa, tanto dentro, quanto no seu entorno. “Ficou evidente a mudança comportamental dos estudantes na instituição de ensino”, ressaltou Andréia.  

A programação contou com a presença de membros e servidores do MP-AP, que dentre outras funções, tiveram o papel de esclarecer as atribuições das promotorias e como a
instituição age na defesa dos cidadãos em diversas áreas. Cada mini palestra buscou estabelecer um diálogo franco e aberto com a juventude, eliminando dúvidas sobre a legislação e mecanismos de proteção aos direitos da infância e juventude.

Após a exposição dos promotores Paulo Celso Ramos (ouvidor-geral do MP-AP), Pedro Leite (promotoria da Educação em Macapá), Miguel Ferreira (CAOP/IJE), Rodrigo Viana (promotor substituto da Infância e Juventude) e das procuradoras Judith Teles (coordenadora-geral do CAOP/IJE) e Estela Maria Pinheiro do Nascimento Sá (subprocuradora-geral de Justiça para Assuntos Jurídicos), os alunos realizaram apresentações de trabalhos próprios, de forma lúdica, voltados ao tema debatido.

O aluno Cleisson Afonso, 16 anos, da 4ª etapa do ensino fundamental, que fez uma bela apresentação ao lado da professora Raimunda Porfíria, falou sobre a superação de suas
dificuldades a partir de atividades de integração como a que estava sendo realizada. “Perdi a visão devido um problema súbito de saúde, mas hoje, após enfrentar todos os obstáculos sinto que já consigo interagir normalmente graças ao apoio e sensibilidade de amigos e professores. Por isso, um ambiente escolar mais seguro é tão importante pata todos nós”, manifestou.

A procuradora Estela Sá (do comitê gestor do projeto) falou aos alunos sobre como a  escola se tornou uma das mais atuantes no projeto. “A Escola Estadual Raimunda dos
Passos, entre as 16 instituições, foi uma das que mais abraçou a causa e o projeto, e o resultado não poderia ser melhor. Vamos continuar atuando com o firme propósito de tornar as nossas escolas ambientes mais seguros e com oportunidades de crescimento para todos”.
Projeto Conte até 10
O Projeto “Conte Até 10 – Essa é a atitude” faz parte de uma campanha nacional que busca envolver a sociedade, em especial os jovens, em ações que fortaleçam a cultura da paz e o respeito entre os cidadãos. O foco na juventude justifica-se pela capacidade de transformação e de mobilização deste público e também porque o número de jovens
vítimas de homicídios tem crescido assustadoramente nos últimos anos. O alvo são os crimes que acontecem em função da banalização da violência, da falta de tolerância, da ação impensada no momento da raiva. Daí a proposta de contar até dez e manter o controle.

Assessoria de Comunicação do MP-AP
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*