MP-AP recebe visita institucional do comandante do 4º Distrito Naval da Marinha do Brasil

Na última sexta-feira (1), a procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Ivana Cei, recebeu, na Procuradoria Geral de Justiça – Promotor Haroldo Franco, a visita institucional do comandante do 4º Distrito Naval da Marinha do Brasil, vice-almirante Edgar Barbosa, e do chefe do Estado-Maior do Comando do 4º Distrito Naval, contra-almirante Carlos Roberto.O objetivo do encontro foi estreitar os laços institucionais e dar seguimento nas parcerias entre os dois órgãos em prol da sociedade.

O encontro também contou com a participação do chefe de Gabinete da PGJ, promotor de Justiça João Furlan; o presidente da Sociedade Amigos da Marinha (Soamar) do Amapá, Glauco Cei; capitão dos Portos do Amapá, Kaysel Ribeiro; capitão dos Portos do Amapá nomeado, João Reis; os assistentes, capitão de corveta Gabriel Barbosa e capitão-tenente Wesley Silva; e o sargento escrevente Marcos Assis.

Honrarias

A PGJ, Ivana cei, fez a entrega da Medalha dos 30 Anos do MP-AP – que tem como símbolo a árvore Samaúma, que simboliza força, imponência, comunicação, longevidade e a região amazônica – ao vice-almirante Edgar Barbosa e ao contra-almirante Carlos Roberto, em agradecimento aos serviços prestados e pela parceria entre os órgãos ao longo dos anos.

Na oportunidade, o comandante do 4º Distrito Naval homenageou a procuradora-geral de Justiça do MP-AP com uma moeda de representação do Distrito Naval e um livro. O chefe de Gabinete da PGJ, promotor de Justiça João Furlan, e o presidente da Soamar, Glauco Cei, também receberam a honraria de representação.

Missão da Marinha no Amapá

O órgão tem o objetivo de fazer cumprir a legislação, os atos e normas, nacionais e internacionais que regulam os tráfegos marítimos, além de fiscalizar os serviços de praticagem; realizar inspeções navais e vistorias; instaurar e conduzir Inquéritos Administrativos sobre Fatos e Acidentes da Navegação; dentre outros, para garantir a defesa nacional, salvaguarda da vida humana e prevenção da poluição hídrica.

A PGJ do MP-AP ressaltou a importância da Marinha no Amapá pelos relevantes serviços prestados.

“A presença da Marinha do Brasil é muito importante para estruturar uma base de operações que permita a plena atuação estratégica no Extremo Norte do país. Além de auxiliar a restringir a ocorrência de delitos transfronteiriços como contrabando, mineração ilegal, narcotráfico, tráfico de armas, tráfico de pessoas e tráfico de recursos naturais, eles possuem um trabalho maravilhoso levando saúde e cidadania para as comunidades ribeirinhas. Sua atuação é muito importante no Amapá. Nós do MP-AP estamos à disposição para auxiliar no que for possível”, afirmou Ivana Cei.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Gilvana Santos
Texto: Fernanda Miranda e Ana Beatriz Peres
Núcleo de Imprensa
E-mail: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.