MP-AP reúne com coordenador de Educação Básica da SEED para tratar de medidas durante o período de pandemia da Covid-19

O promotor de Justiça e coordenador do Centro de Apoio Operacional da Educação do Ministério Público do Amapá (MP-AP), Roberto Alvares, e os promotores de Justiça Miguel Angel Ferreira, Manoel Edi Aguiar Junior e Samile Alcolumbre de Brito, reuniram na última segunda-feira (18), com o coordenador de Educação Básica e Educação Funcional da Secretaria do Estado de Educação (Seed), Ryan Muller, para tratar das atividades que estão sendo desenvolvidas no período de isolamento social em decorrência da Covid-19.

A reunião abordou as medidas tomadas pelo Governo do Estado para a educação durante e pós pandemia, como a flexibilização do ano letivo protocolado pelo Conselho Nacional de Educação, a elaboração de um plano de ação feito por cada escola para o fim da quarentena, a idealização do Portal da Aprendizagem, que já está no ar com rotina de estudos e uma plataforma interativa para os alunos com acesso à internet, e uma análise de como será a volta do isolamento social.

A coordenadora das Promotoria de Laranjal do Jari, Samille Alcolumbre, falou da oportunidade de participar dessa troca de informação juntamente com o CAO-Educação e a Seed. “A reunião foi muito importante porque tivemos o contato com a secretaria da educação básica e eles nos mostraram as diretrizes que o Estado tem tomado na educação estadual, com reflexo em todo Estado. Esclarecimentos necessários para que a informação seja uníssona e que irá nortear nosso atuação”, disse a promotora de Justiça.

O coordenador do Centro de Apoio da Educação avaliou de forma positiva a reunião e enfatizou que, nesse momento, todos precisam se adaptar. “É muito importante essa reunião para levantamento das atividades a se fazer durante e após pandemia. Nesse momento caótico, devemos nos reinventar para levar a educação até às crianças e aos adolescentes. A Promotoria de Educação e o CAO-Edu estarão sempre fiscalizando as ações em prol da educação no Estado durante este período de suspensão das aulas presenciais, bem como, durante a retomada das atividades presenciais”, ressaltou Roberto Alvares.

Estiveram presentes também na reunião o promotor de Justiça da Infância de Santana e coordenador do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (CAO-IJ), Miguel Ferreira, o promotor de Justiça titular da Promotoria de Amapá, Manoel Edi, e a servidora da Seed, Elisângela Lima.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Coordenação: Gilvana Santos
Texto: Vanessa Albino
Contato: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *