Município de Macapá inaugurará Casa do Bolsa


A Prefeitura de Macapá iniciou nesta quinta-feira, 6, a atualização de endereço dos moradores do Residencial São José para revisão do Cadastro Único (CadÚnico) de 2017. A ação acontece dentro do Centro Comunitário Margareth Smith, no próprio habitacional. O atendimento começou pelo bloco 1, mas o procedimento será feito em todos, prosseguindo com o serviço toda quinta-feira, das 8h às 16h30, nos meses de abril e maio.

A revisão garante que as informações declaradas pelas famílias no Cadastro Único estejam atualizadas. Com dados de maior qualidade, é possível avaliar se o beneficiário do Bolsa Família ainda atende às condições necessárias para continuar fazendo parte do programa. Dependendo das mudanças na situação da família, como, por exemplo, alteração de renda, mortes ou nascimentos, a mesma pode ter direito a um valor diferente do que recebe antes de atualizar o cadastro.

Quem deve fazer

Famílias com mais de dois anos sem nenhuma atualização no CadÚnico, tendo como base o final do ano anterior. Elas têm até dezembro de 2017 para fazer o recadastramento, independentemente do mês em que se apresentaram pela última vez.

Como funciona

Anualmente, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) envia às prefeituras a lista das famílias que precisam atualizar os dados. Por meio da coordenação local do Bolsa Família, elas são responsáveis por organizar o processo e garantir que todas as famílias participem do processo.

Carlos Alberto, 34 anos, ficou satisfeito com a ação. “Ideal para a gente que é autônomo, pois não precisa ir à coordenação do CadÚnico, fazemos aqui mesmo”. Para fazer a atualização é necessário que as famílias levem todos os documentos originais (Identidade, CPF e Título de Eleitor; Carteira de Trabalho e comprovante de endereço; em caso de pagamento bloqueado, extrato bancário; contrato do Minha Casa, Minha Vida; Certidão de Nascimento dos filhos; declaração escolar atualizada (90 dias); demais membros da família, se for maior de 18 anos levar RG, CPF, Título de Eleitor e Carteira de Trabalho.

É obrigatório apresentar documentação de todas as pessoas que moram na casa. Em caso de falecimento, levar a Certidão de Óbito. Além disso, é obrigatório também apresentar o Cartão de Acompanhamento da Saúde.

Lilian Monteiro
Assessora de comunicação/Semast

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *