Música de agora: Bullet The Blue Sky (Disparos no céu azul) – U2

Bullet The Blue Sky (Disparos no céu azul) – U2

No uivar do vento
Vem uma chuva de espinhos
Vejo chovendo canivetes
Nas almas da árvore da dor

Do vagalume
Um brilho vermelho alaranjado
Vejo a face do medo
Correndo assustada pelo vale abaixo

Disparos no céu azul
Disparos no céu azul
Disparos no azul
Disparos no azul

Na nuvem de gafanhotos
Vem um chocalho e um zumbido
Jacó lutou contra o anjo
E o anjo foi derrotado

Plante uma semente do demônio
E crescera uma flor de fogo
Veja-os queimando cruzes, veja as chamas
Ficando cada vez maiores

Disparos no céu azul
Disparos no céu azul
Disparos no azul
Disparos no azul

Este rapaz se aproxima de mim
O rosto dele vermelho como uma rosa num espinheiro
Como todas as cores de uma florescência real
E ele está contado aquelas notas de dólar
(Pondo-as na mesa)
Cem, duzentos

E eu posso ver aqueles aviões de guerra
E eu posso ver aqueles aviões de guerra
Pelas cabanas de barro onde as crianças dormem
Pelas vielas de uma cidade tranqüila
A escadaria leva ao primeiro andar
Viramos a chave e lentamente destrancamos a porta
Enquanto um homem respira num saxofone
Pelas paredes nós ouvimos a cidade rosnar
Lá fora é a América
Lá fora é a América
América

Pelos campos você vê
O céu rasgado e aberto
Vê a chuva passar pela ferida aberta
Batendo nas mulheres e nas crianças
Que correm em direção aos braços
Corrigir
Da América

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *