Música de agora – Ciúme – Ultraje A Rigor


Ciúme – Ultraje A Rigor

Eu quero levar uma vida moderninha
Deixar minha menininha sair sozinha
Não ser machista e não bancar o possessivo
Ser mais seguro e não ser tão impulsivo
Refrão

Mas eu me mordo de ciúmes

Mas eu me mordo de ciúmes

Meu bem me deixa sempre muito à vontade

Ela me diz que é muito bom ter liberdade

Que não há mal nenhum em ter outra amizade
E que brigar por isso é muita crueldade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *