Música de agora: Drive (Conduzir) – Incubus

Drive (Conduzir) – Incubus

Às vezes, eu sinto o medo da
Incerteza, espetando
Eu não posso deixar de me perguntar o quanto
Vou deixar esse medo assumir o volante e guiar

Isto já me conduziu antes
E parece ter uma vaga
Insistente atração maciça
Mas ultimamente eu tenho começado a achar que
Eu deveria ser aquele por trás do volante

O que quer que o amanhã traga, eu estarei lá
Com os braços abertos e os olhos abertos, sim
O que quer que o amanhã traga, eu estarei lá
Eu estarei lá

Então se eu decidir renunciar à minha chance
De ser mais um na multidão
Vou escolher água ao invés de vinho
Me assumir e conduzir?

Isto já me conduziu antes
E parece ser assim
Que o resto das pessoas se relaciona
Mas ultimamente eu tenho começado a achar que
Quando eu me conduzo minha luz aparece

O que quer que o amanhã traga, eu estarei lá
Com os braços abertos e os olhos abertos, sim
O que quer que o amanhã traga, eu estarei lá
Eu estarei lá

Você escolheria água ao invés de vinho?
Segurar o volante e conduzir?

O que quer que o amanhã traga, eu estarei lá
Com os braços abertos e os olhos abertos, sim
O que quer que o amanhã traga, eu estarei lá
Eu estarei lá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *