Música de agora: É BOEMIA, AMOR!!


É BOEMIA, AMOR!!

Malandragem, boemia, sou Negra Nação
Sessenta no seu coração
Receba meus versos com amor e carinho
Sou Boêmios do Laguinho

Tenho a ginga no andar
Meu sobre nome é sedução
Tenho a lua como par
Nasci dentro de um bar
Sou Laguinho, sou paixão.
Vou construindo o meu lugar
A cada passo desse chão
E pouco a pouco me tornei uma Nação
Negra na cor da pele sangue e suor
Trago amor e esperança
Pra ver nascer um mundo melhor

Meu carnaval é a magia está no ar
Meu pavilhão vai te conquistar
Vem recordar a alegria
A cobra vai fumar

Voou pelas asas da imaginação
Voou desfilando na imensidão
O meu Guará, vai despontar.
É nova era, desperta meu povo e vem desfilar
Hoje, a fibra da mulher.
Conduz os meus passos, com garra e fé.
Erguendo a bandeira de Lino e Bené
E tantos que fizeram tradição
Bato no peito chegou a hora de gritar é campeão
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*