Música de agora: Há Algo de Podre no Reino de Minas Gerais – Lupe de Lupe

Há Algo de Podre no Reino de Minas Gerais – Lupe de Lupe

No dia que eu nasci me veio um anjo torto e disse
Que eu ía ser bandarra nessa vida
Que quando encontrar meus semelhantes, que tolice
Ía cair na capital feito um rinoceronte

Pois a província de belo horizonte
É conhecida por ter muitas plantas
E, pasmem, algumas até tem bandas
E se dizem que não há amor em sp
Em bh nós o temos de sobra
Mas de que importa esse amor mediano
Esse amor que não convence ninguém

Aqui as pessoas cantam belchior
Na maior altura e ainda gritam que “o novo sempre vem”
Sendo que eles querem é te adaptar
O que eles querem é que você seja mediano

No quintal de casa tinha um pé de sonho
E ele florescia sem parar
Um dia ele veio abaixo e não satisfeito
O mundo sempre quis me derrubar
Feito um demônio
Então saia do meu caminho
Pois já é tarde pra mudar
Já perdi tantos amores e amizades
Só porquem eu sou, ou por escolhas que somente eu fiz
Que meu coração está sempre em desalinho
E, às vezes, por um triz

Eu falo alto, toco alto, bebo, grito e choro
E meu coração não é mediano e nem é mineiro
Mas talvez por sonhar demais
Meu coração seja minas gerais

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *