Música de agora: Revoada – Osmar Junior


Revoada – Osmar Junior

Ontem eu deixei a porta aberta
esperei o sol entrar
com essa alma tão imensa
de quem chega pra ficar
avistei as revoadas
indo em rumo à Maracá

Carrego você na veia
quando quero amanhecer
e o meu peito adoecido
quando quer amanhecer
pisa em sonhos tão antigos
que eu não posso entender
nem merecer

Eu deixei a porta aberta
e esperei você voltar
com esses olhos tão imensos
de quem chega pra amar
avistei as revoadas
indo rumo à Maracá
o que me dá
Então eu vou ver
esse rio espocar num açoite
como quem quer
quebrar o quebra-mar
eu vou ver
as sereias nadando na noite
como quem quer
ver a gente se encantar

Vou deixar o peito aberto
e a esperança revoar
e o meu coração incerto
Compartilhar
vai olhar tudo de lá
e contar desse horizonte
no norte do meu País
Ah esse País…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *