Música de agora: Take Me To Church (Leve-me À Igreja) – Hozier

Take Me To Church (Leve-me À Igreja) – Hozier

Minha amada tem humor
Ela é a risadinha no funeral
Ela sabe que todos desaprovam
Eu devia tê-la venerado antes

Se os céus falassem
Ela é a última profetisa verdadeira
Cada domingo fica mais sombrio
Um veneno fresco a cada semana

Nós nascemos doentes
Você os escuta dizendo

Minha igreja não oferece absolvições
Ela me diz: Louve entre quatro paredes
O único paraíso para onde serei enviado
Vai ser quando eu estiver sozinho com você

Eu nasci doente, mas adoro isso
Ordene-me que eu me cure
Ah, amém, amém, amém

Leve-me à igreja
Louvarei como um cão
No santuário de suas mentiras
Vou lhe contar meus pecados
Para você afiar sua faca
Ofereça-me aquela morte imortal
Bom Deus, deixe eu te entregar a minha vida

Leve-me à igreja
Louvarei como um cão
No santuário de suas mentiras
Vou lhe contar meus pecados
Para você afiar sua faca
Ofereça-me aquela morte imortal
Bom Deus, deixe eu te entregar a minha vida

Se sou um pagão dos bons tempos
Minha amada é a luz do sol
E para manter a deusa ao meu lado
Ela exige um sacrifício
Drene todo o mar, pegue algo brilhante

Algo carnudo para o prato principal
Esse é um belo pedestal
O que você tem no estábulo?
Nós temos um monte de fiéis famintos
Isso parece saboroso, isso parece abundante
Esse trabalho é insaciável

Leve-me à igreja
Louvarei como um cão
No santuário de suas mentiras
Vou lhe contar meus pecados
Para você afiar sua faca
Ofereça-me aquela morte imortal
Bom Deus, deixe eu te entregar a minha vida

Leve-me à igreja
Louvarei como um cão
No santuário de suas mentiras
Vou lhe contar meus pecados
Para você afiar sua faca
Ofereça-me aquela morte imortal
Bom Deus, deixe eu te entregar a minha vida

Nada de mestres ou reis
Quando o ritual começa
Não existe inocência mais pura
Do que nosso doce pecado

Na loucura e imundície
Desta triste cena mundana
Só então sou humano
Só então me torno puro, oh, oh
Amém, amém, amém

Leve-me à igreja
Louvarei como um cão
No santuário de suas mentiras
Vou lhe contar meus pecados
Para você afiar sua faca
Ofereça-me aquela morte imortal
Bom Deus, deixe eu te entregar a minha vida

Leve-me à igreja
Louvarei como um cão
No santuário de suas mentiras
Vou lhe contar meus pecados
Para você afiar sua faca
Ofereça-me aquela morte imortal
Bom Deus, deixe eu te entregar a minha vida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.