Música de agora: The Unforgiven (O Imperdoável) – Metallica

The Unforgiven (O Imperdoável) – Metallica

Sangue novo junta-se a esta terra
E, rapidamente, ele é subjugado
Pela constante e dolorosa desgraça
O jovem aprende as regras deles

Com o tempo, a criança é enganada
Este rapaz massacrado age errado
Privado de todos os seus pensamentos
O jovem homem aguenta e aguenta, ele é conhecido
Uma promessa a si mesmo
Que nunca a partir deste dia
Sua vontade lhe tirariam

O que eu senti
O que eu soube
Nunca refletiu no que eu demonstrei
Nunca ser
Nunca ver
Não posso ver o que poderia ter sido

O que eu senti
O que eu soube
Nunca refletiu no que eu demonstrei
Nunca livre
Nunca eu mesmo
Então eu nomeio-o “o Imperdoável”

Eles dedicam suas vidas
Para tirar tudo dele
Ele tenta agradar a todos
Este homem amargo que ele se torna

Por toda a sua vida o mesmo
Ele batalhou constantemente
Esta luta que ele não pode vencer
Um homem cansado, eles veem não se importa mais
O velho homem então se prepara
Para morrer cheio de arrependimentos
Aquele velho homem, aqui sou eu

O que eu senti
O que eu soube
Nunca refletiu no que eu demonstrei
Nunca ser
Nunca ver
Não posso ver o que poderia ter sido

O que eu senti
O que eu soube
Nunca refletiu no que eu demonstrei
Nunca livre
Nunca eu mesmo
Então eu nomeio-o “o Imperdoável”

O que eu senti
O que eu soube
Nunca refletiu no que eu demonstrei
Nunca ser
Nunca ver
Não posso ver o que poderia ter sido

O que eu senti
O que eu soube
Nunca refletiu no que eu demonstrei
Nunca livre
Nunca eu mesmo
Então eu nomeio-o “o Imperdoável”

Nunca livre
Nunca eu mesmo
Então eu nomeio-o “o Imperdoável”

Vocês me rotularam
Eu rotularei vocês
Então eu nomeio-o “o Imperdoável”

Nunca livre
Nunca eu mesmo
Então eu nomeio-o “o Imperdoável”

Vocês me rotularam
Eu rotularei vocês
Então eu nomeio-o “o Imperdoável”

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*