Na busca de soluções à pandemia do coronavírus, SENAI Amapá lança desafio de inovação

Reunir esforços para sugerir soluções para o setor industrial e a sociedade em geral e, ao mesmo tempo, contribuir para diminuir os prejuízos impostos à nossa economia. Esse é o objetivo do Grand Prix SENAI de Inovação: buscando soluções em tempo de pandemia de COVID-19. O desafio foi lançado em todo o Brasil e está mobilizando alunos e instrutores do Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAI) do Amapá.

Por meio da maratona de inovação, que será realizada a distância por conta das medidas de prevenção, os estudantes vão poder apresentar projetos para as diversas problemáticas que têm surgido no cenário de pandemia. Entre as respostas que serão buscadas, está propor mecanismos para evitar a contaminação na indústria, assim como minimizar os impactos na produtividade e mostrar caminhos para que as pessoas se mantenham com a mente saudável, mesmo diante do aumento da transmissão de COVID-19. Enquanto que os instrutores serão desafiados a indicar metodologias educacionais inovadoras que possam ser utilizadas nesse contexto de combate ao coronavírus.

Para participar, é necessário submeter as propostas à plataforma Saga SENAI de Inovação, em um prazo de dez dias. Lá, as melhores ideias serão avaliadas. Quem tiver a solução selecionada para ser colocada em prática, receberá apoio técnico da equipe do SENAI Nacional, em encontros virtuais, para que haja o esclarecimento das dúvidas, e orientações sobre técnicas de design thinking e utilização da ferramenta Pitch.

“O momento que estamos vivendo é desafiador em vários sentidos, por isso, inserir nossos alunos e instrutores mostra-se oportuno, pois vai permitir que o SENAI Amapá mostre sua capacidade de inovação, a partir de ideias que podem contribuir com a sociedade de maneira geral”, enfatizou a interlocutora da Saga de Inovação, Dirlene Luz.

No Amapá, alunos das Unidades do SENAI de Macapá, Santana e Vale do Jari poderão submeter propostas. O coordenador de Tecnologia e Inovação do SENAI Amapá, José Reinaldo do Nascimento, destacou a importância do GP. “No cenário atual estamos nos perguntando: Que lições a pandemia deixará? Como podemos superar as adversidades e restrições impostas? Diante disso, vislumbramos que por meio do Grand Prix de Inovação, teremos a oportunidade de demonstrar nossa capacidade técnica e intelectual para propor soluções e enfrentar esse desafio”, salientou o coordenador.

Assessoria de comunicação do SENAI Amapá
Contato: (96) 3084-8944
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *