Na Unifap: encontro vai debater habitação popular na Amazônia

O projeto de pesquisa “Cidades Invisíveis, Pessoas Incríveis (Cipesin)”, da Universidade Federal do Amapá (Unifap), realizará o primeiro encontro para debater questões relativas à habitação popular no Brasil e na Amazônia. O evento será gratuito e ocorrerá no dia 31 de janeiro de 2024, às 16h, no auditório do curso de Arquitetura e Urbanismo, localizado no campus Marco Zero do Equador, em Macapá (AP). A iniciativa do “Encontro Habitação Popular na Amazônia” é da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM) e do Cipesin.

Doutora em Arquitetura e Urbanismo pelo Programa de Pós-graduação da Universidade Mackenzie, onde também é professora, Viviane Rubio realizará a palestra “Aglomerados subnormais x Especificidades da precariedade e da vulnerabilidade no Brasil”. Já a professora da Unifap Bianca Moro, doutora em urbanismo pela Universidade Autônoma do México (Unam), vai abordar o tema “Favelas na Amazônia Brasileira: o caso das ressacas na cidade de Macapá”.

A programação do evento também contará com a exibição de um curta metragem produzido pelo projeto “Cidades Invisíveis, Pessoas Incríveis”, que trata de questões referentes à precariedade urbana nas cidades da Amazônia brasileira.

O “Encontro Habitação Popular na Amazônia” é fruto de pesquisa coordenada pela professora Bianca Moro e do Grupo “Urbanismo Contemporâneo: redes, sistemas e processos”, da Universidade Presbiteriana Mackenzie, coordenado pela professora Angélica Benatti Alvim, com a colaboração da professora Viviane Rubio.

“O objetivo principal deste encontro é contribuir em rede internacional como ‘Grupo Urbanismo Contemporâneo: redes, sistemas e processos’ a partir de investigação que reflita a dinâmica das periferias nas cidades brasileiras, especialmente dos assentamentos precários na região Norte do país. Busca-se delinear novos instrumentos de políticas públicas voltadas para a moradia e espaço público que permitam transformações socioespaciais e ambientais, a partir do enfoque: moradia popular, cidade informal, processos participativos, meios de expressão e de comunicação”, explica a professora Bianca Moro.

Sobre as palestrantes

Viviane Rúbio é doutora em Arquitetura e Urbanismo pelo Programa de Pós-graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, onde é professora desde 2013 e coordenadora adjunta de graduação desde 2019, em São Paulo. Participou do Gerenciamento do Programa de Urbanização de Favelas no Rio de Janeiro (1997-2001). Integrou as equipes das Secretarias Estaduais de Projetos Especiais e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano do Estado do Rio de Janeiro (2001-2005). Foi secretária adjunta de Habitação em Nova Iguaçu (2006). Integrou a equipe da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano de Osasco entre os anos de 2006 a 2017, na Coordenação de Projetos (2007-2015) e como consultora em projetos urbanos e habitacionais (2015-2017), atuando desde o projeto, passando pela captação de recursos, licenciamento urbano e ambiental, até a implantação e entrega dos empreendimentos.

Bianca Moro é doutora em urbanismo pela Universidade Autônoma do México (Unam) e mestre na área de habitação e urbanismo pela Architectural Association Graduate School (Londres). Atualmente trabalha como professora de Urbanismo e História da Arquitetura e Urbanismo na Unifap. Foi vencedora da Beca Presidente Nestor Kirchner 2016-2017, a qual permitiu realizar estudos relacionados com sua investigação na Universidade The New School, na cidade de Nova York. Realizou estágio de pós-doutorado na Universidade Presbiteriana Mackenzie, na cidade de São Paulo, com bolsa Capes no programa de institucionalização internacional (UPM-Capes PrInt), onde desenvolveu pesquisas como colaboradora do grupo internacional “Urbanismo contemporâneo: redes, sistemas e processos”.

Sobre o Cipesin

“Cidades Invisíveis, Pessoas Incríveis (Cipesin)” é um projeto de mídia participativa que nasceu a partir da experiência de pós-doutorado da professora Bianca realizada na UPM. Utiliza ferramentas audiovisuais para divulgar e estimular práticas solidárias e transformadoras na sociedade. É uma forma de dar voz e visibilidade a pessoas que representam uma parcela importante da população.

Saiba mais sobre o projeto em https://cipesin.com/.

Serviço:

Encontro “Habitação Popular na Amazônia”
Dia 31 de janeiro de 2024, às 16h, no auditório do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unifap (Rod. Josmar Chaves Pinto, KM 02, bairro Universidade, Macapá-AP)
Evento gratuito
Os participantes que desejarem receber certificado deverão chegar às 16h para realizar a inscrição.

* Texto: Aura Pinheiro (Assessoria de Imprensa Cipesin)
* Edição: Assessoria Especial da Reitoria (Assesp/Unifap)
* Arte: Maria Cristina (Equipe Cipesin), com adaptações da Assesp/Unifap.

Ascom Unifap.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *