No AP, exposição retrata em obras trajetória artística de Lasar Segall

Por Cassio Albuquerque, do G1 Amapá 

Até o dia 26 de setembro serão expostas 35 obras do artista lituano radicado no Brasil, Lasar Segall, no espaço de artes do Sesc Araxá. Os trabalhos feitos em gravuras em madeira e metal retratam a trajetória do artista que é considerado uma das referências no movimento expressionista do país. As obras vieram diretamente do Museu Lasar Segall, em São Paulo.

Segall nasceu em 1891 e no início da carreira expressou em suas obras os sentimentos de tristeza e sofrimento do ser humano. A fria Lituânia que foi arrasada durante a Primeira Guerra Mundial e as pessoas, que assim como ele, migraram para países distantes em busca de uma vida melhor, foram inspirações para os primeiros trabalhos.

Na exposição, os participantes poderão conferir o quadro “Imigrantes”, que expressa claramente essa fase do artista.

Ao chegar no Brasil, em 1923, o trabalho do artista passa por uma transformação. No lugar do sofrimento, tristeza e do ar sombrio, as obras ganham vida quando Segall se depara com as favelas, prostitutas, marinheiros e bananeiras. O quadro “Bananal” é um dos destaques dessa fase

A exposição “A Gravura de Lasar Segall: Poesia da Linha e do Corte” está aberta para todos os públicos e pode ser conferida na Galeria Antônio Munhoz Lopes, no Sesc Araxá, no horário de 8h às 11h30 e de 14h às 17h30. A entrada é gratuita.


Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*