Nos Fla-Flus é o ái, Jesus!

                                                                                               Por Elton Tavares

Vagner Love, Adiano e Williians, destaques da vitória rubro- negra
Como eu já contei aqui, sou Flamengo. Só não “tenho uma nêga chamada Tereza”, como diz o Jorge Ben, mas to muito bem com a minha. Ontem fomos, como sempre, ao Bar do Francês assistir ao clássico mais charmoso do futebol nacional.

A partida justificou o trecho no hino do Mengão: “Nos Fla-Flus é o ái, Jesus!” Sim, foi uma partida daquelas. O Fluminense saiu na frente, consegui emplacar 3×1 na primeira etapa de jogo, diante da atônita defesa rubro-negra. Pior que ainda tinha um conhecido meu, muito enjoado, a cada gol do tricolor, ele vinha me dar um debochado aperto de mão.

Nem o flamenguista mais otimista imaginaria o que estava por vir.O Andrade mexeu no time (deve ter dado aquela cagada nos caras), colocou o Willians e o Vinícius Pacheco, resiltado: O mengo virou o jogo, com um jogador a menos (o zagueiro Álvaro foi expulso), para 5×3. Foi um verdadeiro FlaxFlu, ficará na guardado na memória.

Os destaques da partida foram: O jovem centroavante do Fluminense, Alan e os atacantes Adriano e Vagner Love (que formam “Império do Amor”) e o apoiador Willians, maior mordedor e ladrão de bolas do torneio nacional do ano passado.

O time do Vasco (credo) também está bom, se tudo correr como o esperado, coisa que não é bem assim no futebol, será o nosso adversário na final. Vamos Flamengo!

Há, sabem aquele tricolor chato? Foi vítima de xingamentos e chacotas de um bar lotado por rubro-negros, coisas do futebol.

Ps: Tomara que meu fígado resista a 2010, pois tem Campeonato Carioca, Carnaval, Libertadores da América, Copa do Mundo….(risos)





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *