Nota de pesar da PMM

Foi com profunda tristeza que recebi, na manhã desta quarta-feira, 5, a notícia do falecimento de Raimundo Hosana de Oliveira, conhecido como “Mestre Trokkal”. Ícone e pioneiro das artes plásticas no Amapá, lutava contra um câncer avançado há mais de cinco anos.

Nascido no dia 8 de maio de 1937, em Icoaracy, no Pará, Mestre Trokkal aprendeu a profissão aos nove anos, quando mudou-se com seus pais para uma casa próxima a do seu avô materno, o professor na arte cerâmica José Damião Hosana. Trokkal se dedicou a arte e aprendeu a trabalhar com argila. Aos 13 anos, havia dominado o segredo da Arte do Ceramista.

Em 1965, Trokkal foi convidado para trabalhar em Macapá, na Olaria Territorial, onde mais tarde seria gerente. Fez carreira no estado e ensinou muitas gerações. Contribui com a arte no estado sendo um dos fundadores da Casa do Artesão. Participou do Festival do Platô da Guina Frances, Bienal em São Paulo, Feiras Estaduais em Minas Gerais e no Piauí. Fez exposição no Brasil e nos Estados Unidos.

Atualmente, estava aposentado da Escola de Artes Cândido Portinari, onde exercia suas funções como professor de Escultura. O artista plástico foi homenageado pela prefeitura no novo projeto de revitalização da Praça Veiga Cabral, com a Galeria Mestre Trokkal, um espaço dedicado para artes plásticas e literatura.

Aos 81 anos, Mestre Trokkal deixa 11 Filhos, 41 Netos e 30 bisnetos. Ele deu uma contribuição imensurável para a cultura e arte do município de Macapá. Já sentimos saudades. Estamos consternados pela dor e externamos votos de solidariedade aos amigos e familiares do Mestre.

Clécio Luís
Prefeito de Macapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *