Nota de Pesar da Secult

Mestre Jorge – Foto: Gabriel Penha

É com profundo pesar que todos da Secretaria de Estado da Cultura (Secult) receberam a notícia, nesta quarta (5), do falecimento de Jorge Silva, de 89 anos de idade, ícone da cultura do município de Mazagão Velho e da tradicional Festa de São Tiago. Infelizmente, mais uma vítima do novo coronavírus (Covid-19).

Jorge Silva, conhecido como “Mestre Jorge” deixa a esposa, “tia Flor”, os filhos – entre eles Verônica do Marabaixo e o vereador e presidente da Câmara do Mazagão, José Hosana Silva – e muitos netos.

Folião da festa de Nossa Senhora da Piedade e cantor de marabaixo, Mestre Jorge trabalhou pelas tradições da cidade. Participou da Festa de São Tiago – uma das maiores manifestações culturais do Amapá – por pelo menos 60 anos, como cavaleiro na Batalha entre Mouros e Cristãos. Na encenação, integrava a tropa cristã.

Jorge Silva foi um dos cidadãos mais ilustres de Mazagão Velho e um dos mais antigos fazedores e incentivadores da cultura e tradição da cidade.

O Amapá perde Mestre Jorge, mas fica o seu incalculável legado na contribuição para a existência da festividade de São Tiago através dos anos e da cultura em geral de Mazagão velho.

Todos nós, da Secult, nos solidarizamos com a dor de seus entes queridos. Pedimos a Deus que conforte o coração de familiares e amigos enlutados. Externamos nossas sinceras condolências por sua partida inesperada e nossos agradecimentos ao grande homem que ele foi.

Evandro Milhomen
Secretário de Estado da Cultura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *