Novembro Azul: homens participam de programação na UBS Lélio Silva

O crescimento descontrolado de células anormais, que caracteriza o câncer, está relacionado a diversos fatores como a má alimentação, sedentarismo, tabagismo, genética, estresse, entre outros. Para orientar os usuários sobre comportamentos que podem prevenir a doença, a UBS Lélio Silva realizou uma programação voltada à saúde do homem.

Trata-se da alimentação e do estilo de vida saudáveis. Explica a nutricionista Franscine Dias. “A alimentação é o caminho para a saúde. Não existe um alimento milagroso, mas existem alimentos que promovem a renovação celular, têm vitaminas e são antioxidantes”, diz a profissional.

Além de receber orientações, os participantes também passaram por atendimento médico, ultrassonografia da próstata e coleta de PSA, o exame que diagnostica alterações na próstata, e que até 29 de novembro pode ser feito também no período noturno. “Queremos que o maior número possível de homens realizem seus exames. Por isso, as unidades Lélio Silva e Rubim Aronovitch realizam o exame em horário noturno, pensando nesse homem que não consegue ir à unidade durante o dia”, declarou a secretária Silvana Vedovelli.

O soldador Raimundo Santos, 57 anos, nunca tinha feito o exame Te, incentivado pela esposa, participou da programação. “Eu nunca tinha feito a coleta de sangue e nem a ultrassom da próstata. Tinha um certo preconceito, estava me sentindo um pouco desconfortável, mas, com todas essas orientações e tudo o que ouvi, eu sei que a saúde é mais importante do que qualquer preconceito bobo”.

A recomendação do Ministério da Saúde é consumir, no mínimo, cinco porções por dia de frutas, legumes e verduras. Na outra ponta, é preciso diminuir o consumo de carne vermelha para duas vezes por semana e banir os embutidos e carnes processadas, como linguiça, bacon, presunto, entre outros.

O exame PSA

Tem como principais funções verificar a presença de um câncer de próstata e o andamento da doença, mas também é um marcador comum para outras doenças da próstata, como a prostatite e lesões no geral. Em suma, o PSA é solicitado em homens com mais de 50 anos, mas em homens com histórico familiar o exame é indicado a partir dos 45 anos.

Jamile Moreira
Assessora de comunicação/Semsa
Contato: 99135-6508

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *