O Amapá perde um grande jornalista e um homem de bem. Adeus, Bonfim Salgado

 Bonfim Salgado – Foto do blog da Alcinéa Cavalcante.

Hoje (12), faleceu no Pronto Socorro de Macapá, o jornalista Bonfim Salgado. Soube que ele passou mal de madrugada e foi levado para o Hospital, parece que foi por causa de uma crise renal.Infelizmente, Bonfim teve três paradas cardíacas e não resistiu.

Eu nunca fui próximo de Bonfim Salgado, mas tinha vontade de ser, pois era fã do texto, das colocações inteligentes e dos pontos de vista do velho jornalista. Me orgulhei quando, certa vez, ele elogiou o meu blog.  

Aí em cima está o elogio do Bonfim, que publiquei neste blog em 04 de janeiro de 2011. Na época, intitulei: “Elogio direto do Facebook”. No mesmo post, disse ao nobre jornalista que o admirava.


Não tive o prazer de trabalhar com o Bonfim, mas o admirava. Ele era um homem inteligente, perspicaz e competente. Na verdade, falei com ele pessoalmente somente algumas vezes (Bonfim fazia parte da minha turma de jornalismo na faculdade Seama, mas só ficou naquele grupo por alguns dias do primeiro semestre).

Bonfá se intitulava um livre-pensador, mas para nós, jornalistas, ele era bem mais que isso. Era um exemplo. Não conheço nenhum colega que não o admirava. 

O Amapá perde um grande jornalista e um homem de bem. A ele, meu respeito. Aos familiares e amigos do nobre colega, minhas condolências.

Elton Tavares

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*