O Dia do Samba

                                                                                              Por Elton Tavares

Hoje é o Dia do Samba. Gênero amado pelos boêmios do Brasil. Apesar de fã de Rock, também aprecio um bom sambão, desde que não seja pagode de corno, aquele meloso, executado na maioria dos locais que se dizem “casas de samba” em Macapá.
De acordo com o conceito: o Samba é um gênero musical, derivado de raízes africanas surgido no Brasil e tido como o ritmo nacional por excelência. É uma das principais manifestações culturais populares brasileiras. O Samba se transformou em símbolo de identidade nacional.
Dentre suas características originais, está uma forma onde a dança é acompanhada por pequenas frases melódicas e refrões de criação anônima, alicerces do samba de roda nascido no Recôncavo Baiano e levado, na segunda metade do século XIX, para a cidade do Rio de Janeiro pelos negros que migraram da Bahia e se instalaram na então capital do Império.
O samba se tornou, em 2005, um Patrimônio da Humanidade, de acordo com a United Nation Educational, Scientific and Cultural Organization (Unesco). Para mim, o gênero é brilhante. Pois cresci escutando Chico Buarque, Vinícius de Moraes, Paulinho da Viola, entre outros monstros sagrados da nossa música. Além de apreciar um bom carnaval de rua (meu Piratão foi perdoado e eu estarei lá), pois não sou ruim da cabeça e nem doente do pé.
Ao Samba e aos sambistas, minhas congratulações. Encerro este post com o “Samba do Grande Amor”, uma das minhas canções favoritas do genial Chico Buarque. Abraços na geral.

Letra da musica Samba Do Grande Amor – Chico Buarque
 

Tinha cá pra mim
que agora sim
eu vivia, enfim
o grande amor
mentira

Me atirei assim,
de trampolim
fui até o fim um amador

Passava um verão
a água e pão
dava o meu quinhão pro grande amor
mentira

Eu botava a mão
no fogo então
com meu coração de fiador

Hoje eu tenho apenas uma pedra no meu peito
exijo respeito, não sou mais um sonhador
chego a mudar de calçada
quando aparece uma flor
e dou risada do grande amor
mentira

Fui muito fiel
comprei anel
botei no papel o grande amor
mentira

Reservei hotel
sarapatel
e lua-de-mel em salvador

Fui rezar na sé
pra são josé
que eu levava fé no grande amor
mentira

Fiz promessa até
pra oxumaré
de subir a pé o redentor

Hoje eu tenho apenas uma pedra no meu peito
exijo respeito, não sou mais um sonhador
chego a mudar de calçada
quando aparece uma flor
e dou risada do grande amor
mentira

Fonte: Wikipédia
  • Avatar

    cara, não conhecia a data. valeu pela informação, mais uma vez. deu até vontade de tomar uma cervejinha.
    felizmente tbm tive a sorte de crescer ouvindo samba de verdade (valeu pai!)e não tenho dúvidas de que é o ritmo musical mais lindo e perfeito de todo o planeta.

    “deixa haver samba no peito de quem chora.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *