“O encantamento das águas ” – Sobre Domingos Montagner

domingos

Como nortista da “gema” fui criada com rezas, estórias, lendas e mitos. Estradas de água, Rios de junções e Igarapés. Minha avó materna e tias benzedeiras sempre me alertavam que crianças não batizadas não poderiam entrar n’água sem pedir licença para a mãe d’Água e, cada vez que infringia isso, meus meninos não dormiam a noite inteira. Se era força do meu pensamento ou outra coisa, ainda não sei, mas respeito à água (Lagos, Igarapés, Rios e Mares) com a deferência de como fui criada. Rogo que “o encantamento das águas ” abracem Domingos: o personagem foi tão real que o “São Francisco o “encantou” para a eternidade. Acreditando nisso amenizamos a tristeza!

Elayne Ramos Cantuária – Juíza de Direito. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *