O Milagre – Conto de Mauro Guilherme

Conto de Mauro Guilherme

O pastor chegou no velório acompanhado de inúmeros fiéis da igreja, todos vestidos de preto. Pediu para que todos os presentes rezassem junto com ele, pois iria ressuscitar o morto. O alvoroço foi grande. Alguns protestaram, outros ficaram meio que atordoados, e o cochicho só terminou quando o pastor gritou: “Ó homens de pouca fé!” Então se fez silêncio.

O pastor começou uma oração fervorosa, segurando uma Bíblia. Os seus acompanhantes rezavam com ele, mas os outros presentes estavam mudos, estupefatos com o que estava ocorrendo. Em sua prece citava os milagres de Jesus, especialmente o referente a Lázaro, e lembrava que Jesus ressuscitara no terceiro dia. Depois ele começou a falar em outras línguas.

De repente, alguém disse que vira o morto se mexer. Foi quando luz se apagou. Algumas mulheres desmaiaram, outras correram, de modo que a confusão se estabeleceu. Quando a energia voltou, o corpo não estava mais no caixão, nem o pastor estava mais no velório.

A polícia foi chamada, mas não conseguiu descobrir como o corpo sumira, até porque os testemunhos eram na maioria muito estranhos, havendo gente que dissera que vira o finado sair caminhando pela porta, e outros que o viram subir numa carruagem de fogo ao céu.

No outro dia o templo do pastor estava lotado, com cinco vezes mais pessoas do que o habitual. O pastor curou um cego de nascença, fez um mudo falar e tirou o demônio de uma pessoa. Nunca o templo arrecadou tanto em um só dia de pregação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *