O Mundo é um moinho

                                                              O Cartola sabia das coisas
 

Eu costumo dizer que adoro música e relaciono ou complemento as postagens com letras de canções legais. Ultimamente, vejo muita gente legal se perdendo e de várias maneiras, aí lembrei da música “O mundo é um moinho”, do inesquecível Cartola. A canção foi feita para uma filha do artista, que começou a se prostituir no Rio de Janeiro (RJ).

A situação das pessoas que falei antes não é necessariamente essa, mas é só vocês observarem, tem gente que perde o caminho em um piscar de olhos e não consegue voltar para “a estrada de tijolos amarelos”. Eu também andei por estradas erradas, mas voltei. Saquem a letra e (só para alguns) vistam suas carapuças (risos):

O Mundo é Um Moinho – Composição Cartola

“Ainda é cedo, amor
Mal começaste a conhecer a vida
Já anuncias a hora de partida
Sem saber mesmo o rumo que irás tomar

Preste atenção, querida
Embora eu saiba que estás resolvida
em cada esquina cai um pouco tua vida
Em pouco tempo não serás mais o que és

Ouça-me bem, amor
Preste atenção o mundo é um moinho
Vai triturar teus sonhos tão mesquinhos
Vai reduzir as ilusões a pó

Preste atenção, querida
De cada amor tu herdarás só o cinismo
Quando notares estás à beira do abismo
Abismo que cavaste com os teus pés”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *