O óleo de peroba secou (nova colaboradora)

                                           Por Juçara Menezes
Estava eu terminando o meu trabalho tranquila e satisfeita com a vida, olhando o sol lindo de 40º que faz em Manaus, quando resolvi dar uma espiada neste blog. Como já havia um tempo que não passava por aqui, fiquei surpresa e maravilhada quando vi novos colaboradores neste espaço que cresce a cada dia.

E foi então que morri de inveja…Caracoles, tem gente muito boa!! Aposto que os colaboradores foram escolhidos a dedo!! Textos bem escritos, enxutos, diretos, desconcertantes e…. e….Ué?! Por que EU não estou aqui??

Num é querer me gabar muito não, mas eu gosto do que escrevo, oras! Dá licença? Para resolver o dilema, fui logo direta: “Ei, Elton! Posso escrever pro teu blog?”. Ah! A maravilhosa e infalível tática milenar ninja da cara de pau! O que seriam dos grandes jornalistas sem o óleo de peroba e as perguntas diretas!

Depois do glorioso sim é que fui perceber a necessidade de temas para os textos e cheguei à seguinte conclusão: tô ferrada!!

Bom, como ele me deu liberdade para escrever (e não vou admitir que nem me toquei de perguntar), farei considerações gerais, sobre o Amazonas e minhas outras paixões.

Por favor, queridos leitores, me avisem se o negócio ficar chato. Sugestões e críticas são aceitas! É isso! Obrigada por lerem e até amanhã!

Meu comentário: A Juçara é uma velha amiga. Ela me treinou em Manaus (2008), na época em que eu e ela trabalhamos no Portal Amazônia. Jornalista de mão cheia, é com certeza uma ótima aquisição para este blog. Seu único defeito é ser vascaína (hurg!). Mas ela é gente fina, de rocha mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *