Ontem rolou um encontro histórico para Música do Amapá: Caetano Veloso e Patrícia Bastos gravam ‘Jeito Tucuju’

Ontem (29), no Rio de Janeiro (RJ), um encontro marcou a Música Popular Brasileira (MPB). Sobretudo, a do Amapá. Os artistas Caetano Veloso e Patrícia Bastos entraram no estúdio para regravar música ‘Jeito Tucuju’, de autoria de Val Milhomem e Joãozinho Gomes.

A canção é o Hino Cultural do Amapá e é sempre tocada na abertura de eventos folclóricos e culturais do estado. O senador Randolfe Rodrigues fez a articulação da parceria. Além da música, o clipe também foi gravado. A direção musical é de Dante Ozetti e a direção do videoclipe é de Paula Lavigne, esposa de Caetano.

Estiveram presentes na gravação, que aconteceu no estúdio de Caetano, os compositores da música, Val Milhomem e Joãozinho Gomes, como o músico Enrico Di Miceli e a secretária de Cultura do estado, Clícia Vieira, o senador Randolfe Rodrigues, Paula Lavigne e Dante Ozetti.

Sou fã de muitos músicos e compositores, brasileiros e gringos. Um dos maiores letristas, poetas e cancioneiros do Brasil é Caetano Veloso. Um gênio ícone da Música Popular Brasileira (MPB) e um ativista lutador pelos direitos do cidadão. Sobretudo, um grande expoente da musicalidade nacional.

Também sou fã de Patrícia Bastos. Ela é a cantora amapaense mais reconhecida nacional e internacionalmente, inclusive já fez turnês em outros países.. A interprete possui seis discos voltados para a música regional e foi a primeira cantora do Amapá a se apresentar em uma edição d Rock in Rio, em 2022.

Com toda a certeza, essa produção aumentará ainda mais a valorização da cultura amapaense. Viva a arte!

Elton Tavares, com informações de Clícia Vieira e dos sites do Diário do Amapá e Alcilene Cavalcante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *