Operação do Gaeco MPAP e Polícia Civil culminou com prisão em flagrante de jovens por tráfico de drogas

O Ministério Público do Amapá (MPAP), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), e a Delegacia Especializada na Repressão de Crimes Contra Criança e Adolescente (DERCCA) da Polícia Civil (PC), realizaram nesta terça-feira (20), uma operação para cumprir mandado de busca e apreensão que culminou com a prisão em flagrante de dois jovens de 18 e 20 anos por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo.

A ação foi em decorrência de investigação iniciada pelo delegado Ronaldo Entringe relacionada ao homicídio de um jovem de 17 anos, J.T.V.J., ocorrido no dia 04/09/2020, na zona norte de Macapá. A motivação teria sido porque a vítima pertencia a organização criminosa rival à dos autores do crime.

O GAECO recebeu as informações que, após investigação aprofundada, culminaram não apenas com a identificação dos supostos autores do crime, como na constatação que eles continuavam a praticar tráfico de drogas e outros crimes.

Assim, o delegado de Polícia representou contra os investigados e obteve o mandado judicial de busca e apreensão, cujo cumprimento, com o apoio de equipe do GAECO, resultou na prisão em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo, a mesma utilizada no homicídio investigado. Foi recapturado, ainda, um foragido da Justiça, irmão de um dos investigados, que estava no imóvel objeto das buscas.

A promotora de Justiça e coordenadora do GAECO, Andréa Guedes, lembra que essas Organizações Criminosas não só praticam crimes de tráfico de drogas e contra o patrimônio, como acabam perturbando a paz social na medida em que começam a praticar outros crimes violentos contra os adversários das demais facções.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Texto: GAECO/MPAP
Contato: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *