Orquestra faz ‘vaquinha’ na web para comprar acessórios musicais, no AP (Égua-moleque-tu-é-doido)

Postsite_28-03-14.fw_

Por Abinoan Santiago

Uma campanha online pretende arrecadar pelo menos R$ 20 mil para a compra de acessórios musicais para a ONG Associação Educacional e Cultural Essência do Amapá, iniciativa social gratuita que ensina música para crianças carentes em Macapá.

De acordo com o maestro da Orquestra Essência, que faz parte do projeto, Elias Sampaio, cerca de 40% dos instrumentos encontram-se parados no acervo por falta de acessórios, a exemplo de cordas, palhetas e apoio para partituras.

A coleta virtual acontece através de um site especializado e pode ser feita através de boleto bancário ou cartão de crédito em qualquer valor. A “vaquinha” está disponível na internet até 15 de abril.

O projeto social, conhecido em âmbito nacional após reportagem especial do Fantástico e recentemente no programa Encontro, ambos da Rede Globo, tem atualmente 200 crianças matriculadas com possibilidade de abertura de mais 250 vagas a partir de 2 abril, quando iniciam as aulas de 2016 na escola estadual Antônio Cordeiro Pontes, no Centro de Macapá. Os encontros vão acontecer sempre aos sábados.

22112453936_e5080d2d3c_o-300x199

Atualmente, pela falta de apoio financeiro, alguns acessórios musicais são comprados com parte do salário do maestro, que também é oficial do Corpo de Bombeiros.

Antes, ficávamos no Centro Arco Íris e lá não tinha manutenção e quando chovia molhava alguns equipamentos. Os alunos agora fazem revezamento e tento comprar alguns acessórios todos os meses, mas não é o suficiente porque também tenho família. Sempre que posso compro jogos de cordas, sendo que cada um pode custar pelo menos R$ 600“, relatou o maestro.

Caso a ONG não consiga arrecadar o esperado, as inscrições para o projeto social continuarão abertas.

Não vamos deixar de matricular por causa dos acessórios. O projeto social tem que existir com chuva ou sol. Se não temos instrumentos, vamos correr para materiais recicláveis no caso das percussões. O que não podemos é deixar de inscrever por causa de acessórios, mesmo dependendo deles para funcionar”, garantiu o maestro Elias Sampaio.

A orquestra também disponiblizou os contatos (96) 9 8803-3686 e 9 8100-2457 para doações, além do link da “vaquinha” online.

Fonte: G1 Amapá

Meu comentário: Cadê o apoio da Secretaria de Cultura? Égua-moleque-tu-é-doido!

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*