Os Dirigíveis – Por Fernando Canto

antissub.111
Base Aérea no município de Amapá (AP) – Foto: acervo do jornalista Edgar Rodrigues

Por Fernando Canto

Conta o Sr. Martinho Ramos que:

“Na época em que a Segunda Grande Guerra estava ‘popocando’ pra todo mundo, pode-se bem dizer, em que todo mundo estava no conflito, começaram a aparecer por aqui os primeiros dirigíveis.

“Tinha uma base aérea no Amapá e esses dirigíveis, que eram os zepelins, ficavam observando por aí e passavam sempre sobre Macapá.

“Mas o primeiro que passou foi meio ‘assustoso’ porque ninguém sabia, ninguém conhecia o que era.

blimps
Base Aérea no município de Amapá (AP) – Foto: acervo do jornalista Edgar Rodrigues

“Aqui na cidade não ocorreu tanto conflito porque, afinal de contas, nós já estávamos um pouco mais ambientados. Mas aconteceu que o pessoal do interior tinha menos oportunidade de ter conhecimento; inclusive eu digo isso porque, nós conversando, ocorreu com um rapaz, um amigo meu chamado Valdevino. Ele vivia lá no Curiaú. Na ocasião em que um zepelim passou, ele estava com um pessoal cortando abacaxi numa lata lá perto para vender aqui na Casa Leão do Norte, onde nós tivemos a primeira sorveteria, que o sorveteiro era o Biló Pitaíca. Nessas alturas, o Valdevino e o pessoal dele, que estavam cortando abacaxi, observaram e ouviram aquela zoada…. Rapidamente saíram correndo pra dentro do abacaxizal, largando tudo. O bicho voava muito devagar e eles se assustaram. Quando conseguiram sair do abacaxizal, estavam todos cortados.

BaseAerea2
Base Aérea no município de Amapá (AP) – Foto: acervo do jornalista Edgar Rodrigues

“Os zepelins estavam por aqui mas não tinha torre para aguentar.

“Depois de 1942/43, os zepelins passavam bem baixo, quando já existia uma pista de pouso, com o cabo arrastando, mas nunca ficavam aqui.

“A zoada era muito menor que a de um helicóptero. Agora era aquela enormidade de vinte metros, que dava pra assustar quem via pela primeira vez”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *