Outorga da turma de Jornalismo Alexandre Brito, parabéns Nerdzinha!

                                                               Por Elton Tavares

Hellen Cortezolli – Foto: Maksuel Martins Sousa

Particularmente, não sou chegado a cerimônias, prefiro as festas de formatura. Mas foi ótimo ter prestigiado a Outorga da “Turma de Jornalismo Alexandre Brito”, da faculdade Seama, ocorrida ontem (16), no Teatro das Bacabeiras.

Foi legal rever amigos, colegas jornalistas, ex professores e blogueiros. Na pequena turma formaram os meus amigos Raoni Holanda, Cleide Freire, Lidiane Nunes, Stefanny Marques e Hellen Cortezolli, sim a Helenzinha, minha “Nerdzinha”.  

 Foto: Maksuel Martins Sousa
Em dois momentos, ao ser diplomada e quando Cortezolli foi discursar, eu e Silvio Carneiro demos uma de moleques e gritamos: “É isso aí Cortezolli!” (eu) e “Pirata!” (Silvio). E rimos muito disso olhando a cara cínica do Brito.

Galera no Teatro – Foto: Maksuel Martins Sousa
Em seu discurso, Hellenzinha agradeceu a todos os professores que lecionaram ensinamentos jornalísticos ao longo dos quatro anos de curso, entre eles os meus amigos Alexandre Brito, Silvio Carneiro, Kelly Tork e Jacinta Carvalho.

Cortezolli também detonou jornalistas que, para ser mais claro, parafraseio Cazuza: “transformam o país inteiro num puteiro, porque assim se ganha mais dinheiro”:

Eu e Hellenzinha – Foto: Maksuel Martins Sousa
“Ao longo de nossa jornada nos perguntamos quem gostaríamos de ser. Quem nos tornaríamos? A única certeza que nós temos é em quem não queremos nos transformar. Naqueles profissionais frustrados que enveredam pela mediocridade e mancham a profissão. Porque jornalista tem a missão de informar e não manipular notícias em nome de seus próprios interesses”, enfatizou brilhantemente minha amiga Hellenzinha.

Eu e a blogueira e poetisa Mary Paes – Foto: Maksuel.

O pronunciamento de Cortezolli, melhor que todos os outros oradores do evento, evidenciou sua genialidade, que soube expressar seus anseios e sonhos para a profissão que escolheu. Ah, as palavras da Nerdzinha levaram nosso amigo Silvio a lacrimejar. Normal, ele também ama a Hellenzinha e estávamos todos muito orgulhosos dela.

Eu, Cortezolli e Bianca.

O professor e paraninfo da turma, Alexandre Brito, disse emocionado: “Estou muito feliz. Fiz questão de olhar no olho de cada um e ver a felicidade dentro de vocês. Pois esta é uma vitória individual e uma vitória coletiva, já que os pais e familiares que contribuíram muito para o sucesso estão aqui também”. Legal! O Brito é brother da maioria mesmo, inclusive deste blogueiro.

Eu e Hellen no Bar do Francês
Para fechar a noite com chave de ouro, fomos ao Bar do Francês, tomar umas cervas geladas, comer pizza e conversar sobre bobagens inteligentes (risos). Foi muito bacana. Enfim, aos novos jornalistas por formação, meus parabéns. Em especial a Hellen Cortezolli. Querida nerdzinha, eu amo você!
  • Tem uma filosofia que gosto bastante, diz que os elogios são feitos em público, as críticas com discrição, em off. Acho totalmente aplausível o modo como o Elton expressa seu carinho pelos seus, e fico rindo quando há um desafeto. (Eu já te falei como vai ser quando brigarmos, né?! – risos)
    A Cortezolli é uma pessoa incrível, tanto por sua capacidade profissional como pessoal. Isso não é “rasgação de seda”, até porque não há necessidade para isto, é apenas um fato.
    Peço-te desculpas por ter prometido ir prestigiá-la e não ter comparecido. Queria muito vê-la, mas meus rins falaram “Oi!” e o soro “Seja bem-vinda novamente!”
    Resumindo a ópera, fico na torcida por teu sucesso! 🙂

  • Muito obrigado Bia, por dizer tudo isso nesse espaço de sinceridade extrema. Lamento muito por sua saúde não ter permitido que estivesses comigo, mas sei que teu pensamento passou por lá. Desejo que você melhore logo. Beijos *-*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *