PAC Patrimônio Histórico: Governo do Amapá obtém aprovação do projeto de requalificação do Museu Joaquim Caetano da Silva, em Macapá

O Governo do Amapá obteve do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) a aprovação do projeto de requalicação do Museu Joaquim Caetano da Silva, um dos mais importantes patrimônios históricos, culturais e arquitetônicos do estado. A ação faz parte do compromisso estabelecido no Plano de Governo do atual gestão para fortalecer o turismo e a cultura.

A iniciativa vai garantir a ampliação do museu e conta com um investimento de mais de R$660 mil, do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), para preservação e revitalização do espaço crucial para a proteção de acervos e da memória do estado.

“A aprovação do projeto representa uma grande conquista para o Amapá. A revitalização deste importante patrimônio cultural permitirá sua preservação para as futuras gerações, além de fortalecer a identidade cultural do estado, promover a educação patrimonial, a pesquisa e estimular o desenvolvimento local. A comunidade amapaense pode esperar um museu modernizado, acessível e acolhedor, pronto para ser um centro de memória e difusão da cultura e da história do Amapá”, reforça a secretária de Estado da Cultura, Clicia Vieira Di Miceli.

Nas próximas fases do programa, serão celebrados os Termos de Compromisso, com cada uma das propostas e, posteriormente, formalizados, juntamente com o Iphan, os planos de trabalho com as definições de prazos, recursos e formas de contratação para execução do projeto.

Para a coordenadora de Preservação do Patrimônio Histórico da Secult, Simone de Jesus, a aprovação reforça o reconhecimento à região Norte e o potencial para o desenvolvimento do Sistema de Museus do Estado do Amapá.

“O Museu Joaquim Caetano é o terceiro prédio mais antigo do estado e é responsável por nosso patrimônio arqueológico, a identidade cultural de nossos ancestrais. A valorização deste conteúdo é essencial, e com o apoio do programa federal, podemos reforçar políticas públicas para a valorização de sua estrutura”, afirma Simone.

Museu Joaquim Caetano da Silva

O Museu Joaquim Caetano da Silva, instalado em um prédio histórico no Centro de Macapá, é um verdadeiro guardião da história e da cultura amapaense. O acervo é composto por centenas de peças, abrange desde artefatos indígenas até documentos históricos e obras de arte, oferecendo ao público uma rica viagem pela trajetória do estado.

Além de sua função museológica, o local também serve como espaço para diversas atividades culturais, como exposições, palestras, oficinas e eventos educativos, promovendo a difusão do conhecimento e a integração da comunidade.

PAC Patrimônio Histórico

O Novo PAC Patrimônio Histórico representa um esforço do Governo Federal para preservar e promover a riqueza cultural do Brasil, com investimento significativo de aproximadamente R$ 712 milhões até 2026. O PAC está realizando obras em 139 locais, distribuídos em 35 municípios de 17 estados, em parceria com diversas instituições e órgãos governamentais.

Além disso, o programa está impulsionando 105 projetos de recuperação de patrimônios culturais em 83 municípios por todo o país. Esses esforços visam fortalecer a identidade e memória cultural, promovendo um vínculo ainda mais forte entre as comunidades e seus patrimônios.

Texto: Eduardo Belfort
Foto: Arquivo/GEA
Secretaria de Estado da Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *