Palavras do nosso especialista de futebol

Crônica de Ronaldo Rodrigues

Eis que é chegado o grande momento. Amanhã as cortinas se abrirão e os atores tomarão suas posições neste que é considerado o maior espetáculo da Terra. Vamos ver quem vai brilhar, quem vai ser ofuscado, quem vai surpreender, quem tem roupa na mochila, quem tem garrafa vazia pra vender. O especialista de futebol (e quem não é?) deste conceituado blog entra em campo e apresenta suas análises, tão estapafúrdias quanto às dos verdadeiros comentaristas, aqueles que são muito bem pagos pra falar merda. Eu falo merda de graça. Lá vai, galera!

Messi

O mais espanhol do que argentino Lionel Messi quer colocar Pelé pra escanteio. Antes disso, terá que mostrar que é maior do que Maradona, que, por sua vez, jamais superará Pelé. O baixinho Messi, com sua cara de rato, o messias dos argentinos, conta com a ajuda de seu conterrâneo papa Francisco para interceder junto a Deus, que todo mundo sabe que é brasileiro.

Cristiano Ronaldo

O galã de pornochanchada Cristiano Ronaldo deverá ficar com o título de Jogador Mais Bonito da Copa, já que o francês Ribéry está fora do mundial, por lesão, e o argentino Carlitos Tévez não foi convocado. O futebol de Cristiano Ronaldo é até bonzinho, mas não chega a bater o dos nossos Ronaldos, o Fenômeno e o Gaúcho. Cristiano Ronaldo poderá fazer uma boa Copa do Mundo, se não preferir ficar conferindo seu penteado nos telões dos estádios. 

E Neymar?

O que os deuses do futebol reservam para o nosso craque? Reservam não, já que ele é titular absoluto e não admite nem falar em reserva. Neymar pode surpreender e ganhar um título. Não o de Melhor Jogador da Copa, mas o Oscar de Melhor Ator, graças às suas dramáticas simulações de falta. Vamos torcer para que Neymar tenha topete para comandar o Brasil. Se bem que o Barcelona mandou cortar o topete dele assim que o contratou.

Bem, senhoras e senhores. Não sei mais o que falar. Na verdade, ninguém sabe, mas todo mundo enrola e eu termino com uma tirada de Romário, que comentou a Copa de 1998 para a Rede Globo. O locutor perguntou a Romário o que ele tinha achado de um lance e o baixinho respondeu, na maior cara de pau: – Esse lance foi… sem comentários! Depois ele pegou o cheque e foi curtir. Que é o que vou fazer agora, só que sem cheque. Até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *