Para que você não se sinta demasiado seguro…


“Desejo que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro” 

Vítor Hugo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *